phillipric

Opiniões sobre os últimos Workstation Gama Média



Posts Recomendados:

phillipric    219

Pois, realmente consegui falar com uns utilizadores de modx, com alguma estrada, e sem queixas, mas efectivamente, a versão 7. 

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Freaking Prawn    119
há 2 horas, phillipric disse:

Pois, realmente consegui falar com uns utilizadores de modx, com alguma estrada, e sem queixas, mas efectivamente, a versão 7. 

So a versao 8 apresenta problemas de teclado.

Eu vou muito em breve adquirir o modx6 (nao sou pianista...). Muitas das samples são optimas, mas tambem tem coisas que nao me interessam. As possibilidades deles são muitissimo boas. 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
phillipric    219
há 8 horas, Freaking Prawn disse:

So a versao 8 apresenta problemas de teclado.

Eu vou muito em breve adquirir o modx6 (nao sou pianista...). Muitas das samples são optimas, mas tambem tem coisas que nao me interessam. As possibilidades deles são muitissimo boas. 

Pelo que consegui ler também, a yamaha reconheceu esse erro nas primeiras unidades do modx8 e trocou todos os que foram afectados por esse problema. 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Freaking Prawn    119
há 6 minutos, phillipric disse:

Pelo que consegui ler também, a yamaha reconheceu esse erro nas primeiras unidades do modx8 e trocou todos os que foram afectados por esse problema. 

Isso ja não sei... mas faria sentido que o fizessem. 

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
phillipric    219

Estive a ler algumas das definições do teclado e para mim, muita coisa é chinês. Também pelo que li não é propriamente a coisa mais rápida para programar, tendo uma "curva de aprendizagem" bastante grande. Acho que a Roland sempre levou vantagem em relação à maioria das outras marcas nesse sentido. Cheguei a experimentar o FA em loja e achei os sons, sobretudo de piano, um pouco melhores que os do Fantom X. Pelo menos menos "crus", algo já preparados. E com 8 knobs com os efeitos assinalados ali à mão, achei-o muito mais simples para um utilizador que pouco entende, chegar e aplicar aquilo que pretende no início. 

A yamaha fez o contrário com este teclado. Reduziu a maior parte dos controlos "físicos" e usa e abusa da utilização do touch-screen. Não é que seja negativo. Mas acho que o novo Fantom aprendeu nesse sentido. Um teclado digital com quase tudo disponível de forma analógica. Mas já são valores "proibitivos". 

Quanto ao Korg, o único contacto mais próximo que tive com teclados da marca é um arranjador PA50 que ainda tenho, cheguei a ter um x50, mas não tive paciência para editar aquilo e estava filado no Fantom X. Mas gostava de experimentar um Krome antes de me decidir por qualquer um deles. 

@Freaking Prawn estou ainda na fase de juntar uns trocos, vendi agora um AXSynth que tinha, estou a ver se consigo despachar mais algum material que tenho em venda. Mas ainda estou indeciso. Vou tentar ler algumas reviews, tentar ver se há alguma loja nas proximidades que tenha pelo menos 2 dos teclados para fazer um comparativo "in-loco". Mas a maior inclinação é mesmo para o Yamaha ou para o Krome. Dado que tenho o Fantom X, acho redundante estar a passar para o FA. 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Freaking Prawn    119
há 1 minuto, phillipric disse:

Estive a ler algumas das definições do teclado e para mim, muita coisa é chinês. Também pelo que li não é propriamente a coisa mais rápida para programar, tendo uma "curva de aprendizagem" bastante grande. Acho que a Roland sempre levou vantagem em relação à maioria das outras marcas nesse sentido. Cheguei a experimentar o FA em loja e achei os sons, sobretudo de piano, um pouco melhores que os do Fantom X. Pelo menos menos "crus", algo já preparados. E com 8 knobs com os efeitos assinalados ali à mão, achei-o muito mais simples para um utilizador que pouco entende, chegar e aplicar aquilo que pretende no início. 

A yamaha fez o contrário com este teclado. Reduziu a maior parte dos controlos "físicos" e usa e abusa da utilização do touch-screen. Não é que seja negativo. Mas acho que o novo Fantom aprendeu nesse sentido. Um teclado digital com quase tudo disponível de forma analógica. Mas já são valores "proibitivos". 

Quanto ao Korg, o único contacto mais próximo que tive com teclados da marca é um arranjador PA50 que ainda tenho, cheguei a ter um x50, mas não tive paciência para editar aquilo e estava filado no Fantom X. Mas gostava de experimentar um Krome antes de me decidir por qualquer um deles. 

@Freaking Prawn estou ainda na fase de juntar uns trocos, vendi agora um AXSynth que tinha, estou a ver se consigo despachar mais algum material que tenho em venda. Mas ainda estou indeciso. Vou tentar ler algumas reviews, tentar ver se há alguma loja nas proximidades que tenha pelo menos 2 dos teclados para fazer um comparativo "in-loco". Mas a maior inclinação é mesmo para o Yamaha ou para o Krome. Dado que tenho o Fantom X, acho redundante estar a passar para o FA. 

eheh, a Yamaha é um terror quanto aos menus. Mas sempre foi.

Olha, uma das coisas que me deixaram fascinado tanto no Montage como no Modx é a repartição dos sons que se criam. São até 16 sons simultâneos, cada um deles com até 8 sons/partes. Portanto 128 sons simultâneos que podem ser qualquer coisa que se queira! 128!!!!!!!

Cada um deles com os seus próprios efeitos, lfos, envelopes, etc.  E podem ser arpejos, sintese FM, samples, drums, etc...

PQP, a cena é profunda. :estupefacto:

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
phillipric    219
há 2 minutos, Freaking Prawn disse:

eheh, a Yamaha é um terror quanto aos menus. Mas sempre foi.

Olha, uma das coisas que me deixaram fascinado tanto no Montage como no Modx é a repartição dos sons que se criam. São até 16 sons simultâneos, cada um deles com até 8 sons/partes. Portanto 128 sons simultâneos que podem ser qualquer coisa que se queira! 128!!!!!!!

Cada um deles com os seus próprios efeitos, lfos, envelopes, etc.  E podem ser arpejos, sintese FM, samples, drums, etc...

PQP, a cena é profunda. :estupefacto:

Certo... o Fantom também pode ter até 16 sons em simultâneo. Agora não percebi a questão de cada um deles com 8 sons/partes. 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Freaking Prawn    119
há 2 minutos, phillipric disse:

Certo... o Fantom também pode ter até 16 sons em simultâneo. Agora não percebi a questão de cada um deles com 8 sons/partes. 

Portanto, cada 1 dos 16 sons é composto por até 8 partes [que podem ser 8 sons diferentes que se queira].

O Loopop tem um excelente video sobre os meandros do que é possivel:
 



Entretanto lembrei-me de outro teclado com 88 teclas da Kurzweil. O SP6 [€ 966]
 

 

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora