tmo

Exposição de Guitarras / Instrumentos de Luthier, OEIRAS, 25 e 26 de Maio.



Posts Recomendados:

jlcosta    728

Estádio Nacional do Jamor!
Eu corrigi, não é domingo, é sábado dia 25 pelas 17h15.

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Rui T    1534

O Jamor é longe do sítio da exposição, que é ao pé da Câmara Municipal de Oeiras.

 

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1701

61262256_2358593097751029_83591088933007

Uma imagem postada no facebook pela RehabGuitars (oficina do Ardiano Sérgio da Ergon e do Daniel da Daro guitars).

Gostava de saber se dá para experimentar alguma guitarra ligada a amplificador, só mesmo por curiosidade.

Amanhã faço uma reportagem fotográfica para aqueles que se encontram longe e não podem visitar isto.

Ah, se ainda for a tempo, os que forem digam que vão aqui pelo Forumusica! Só mesmo para publicitar aqui o tacho...

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
jlcosta    728

Dá, é super à vontade, se conseguires dar com aquilo vale a pena. Eu estive lá de manhã! 

Tens um orange, um supro e outros dois amps boutique, a malta que lá está deixa-nos à vontade!

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
mpexus    629

Eu dei lá um saltito no Sab. de manhã... mas.. senti-me um pouco defraudado. Não esperava uma NAMM como é óbvio, mas esperava substancialmente mais do que 8-10 guitarras. Especialmente ver mais trabalho do Sérgio (que foi por isso lá que fui) e só lá havia uma. Percebo o não haverem muitas destas para expor, mas no entanto achei muito pouco e tanto que estive lá cerca de 10-15 minutos tendo-me ido depois logo embora. 

Aqui ficam umas fotos fatelas tiradas com telemóvel e conheço alguém que ficou muito impressionado com essa segunda do lado Esq da primeira foto ;)

Tive com a do Sérgio nas mãos, é leve mas o Neck é demasiado Fat para mim, no entanto é difícil avaliar pois pelo preço e raridade que são pegavas numa e sentias-te logo observado por quem estava responsável, ficas constrangido e com medo sequer de mexer, embora me fosse dito que se quisesse podia ligar aos Amps e testar.

SrV1Qyd.jpg 

Cla5F3r.jpg

osCzt7a.jpg

k5Z1fxY.jpg

44ywtEQ.jpg

0WECbk0.jpg

  • Gosto 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1701

@mpexus sim, percebo como te sentes, repara que a foto que postei acima (que não é de minha autoria) expõe praticamente TODAS as guitarras que lá se encontravam. E sim, também me sinto algo assim, principalmente porque estava à espera de encontrar uma Teuffel, que é simplesmente a segunda guitarra a aparecer no cartaz/convite/flyer/whatever...

Fui lá hoje com o @A.G.E.N.T.E. e tirei algumas fotos. Também me cruzei com o @F.Coelho, que é um jovem bem fixe. Assim que as organizar a ver se faço um relato.

... e também me senti algo "intimidado" para experimentar as guitarras...

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Rui T    1534

Eu fui lá ontem à tarde e acho que fui na melhor altura porque houve um workshop de improvisação jazz que rapidamente se transformou numa conversa animada com o Nuno e o Sandro (nunca me lembro dos últimos nomes), e foi muito bom.

A explicação para não haver mais guitarras do Adriano, e provavelmente dos outros, é que normalmente eles só têm para expôr as últimas obras porque são feitas de encomenda - que é o caso daquela que lá estava que é uma barítono - e por isso é que o neck é bastante grosso. Eu já tinha tocado nela quando foi entregue ao dono - que a baptizou de "Juicy Lucy" - e para mim também não dá. Aliás ontem estava lá a acústica que o Adriano está a acabar.

Mas senão tivesse assitido ao workshop tinha a mesma opinião que vocês. Realmente eram poucas guitarras.

Um dos amps boutique é o amp do Simon, que trabalha na Guitar Rehab na parte electrónica, e foi ele que fez. O outro era um Apache, o mais pequeno.

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
jlcosta    728
há 13 horas, mpexus disse:

SrV1Qyd.jpg 

Ainda me conseguiste tirar foto a mim! :D
Estive à conversa com o organizador do evento e afinal aquilo era só um simpósio entre luthiers, as guitarras estavam lá porque ele "pediu" para que eles trouxessem algumas para estarem expostas, nada mais. Daí não ter havido uma divulgação maior.

Com 4 amps muito bons, pude experimentar todas as que quis... digo-te senti-me mais à vontade do que 90% das lojas de guitarra onde vou.
Eu gostei!

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1701

Quando lá fui, aquilo já estava um pouco cheio. A certa altura a reunião entre os Luthiers termina e aparecem todos na sala de exposição e foi o motivo pelo qual não experimentei nada. Ainda não revi as fotos, talvez logo à noite.

Ainda assim, mesmo que poucas guitarras, achei fixe a iniciativa de abrirem as portas ao público e de mostrarem algumas das suas criações.

... e espero que a malta que lá foi por terem visto esta informação tenha gostado. O nosso feedback nestas coisas incentiva à continuação destes eventos e isto é benéfico para todos, construtores e clientes.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
A.G.E.N.T.E.    135

Fiquei com alguma pena de não construir a minha própria guitarra com aqueles kits do workshop para os miúdos :rolleyes:

Apesar da pouca quantidade de guitarras (baixos então.. só havia um) acho que estas iniciativas são sempre de louvar. Curti bastante os pormenores construtivos e acabamentos da guitarra elétrica  da Ergon.

  • Riso 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora