xtech

NGD - Harley Benton TE-30



Posts Recomendados:

xtech    2970

Já andava a namorar a moça há uns meses, e portanto recentemente comprei uma Telecaster Harley Benton TE-30 "blonde". Aqui vão as fotos:

 

IMG_20191019_115815-min.jpgIMG_20191019_115824-min.jpgIMG_20191019_115845-min.jpg

 

Ao preço que custou foi uma pechincha: 89€. Estava indeciso entre esta e a irmã maior e melhor (Te-52). A decisão foi mesmo ditada pelo aspecto, já que o acabamento natural não era o que eu procurava, e não resisti ao acabamento "branco semi transparente" desta, que com o tempo vai ficar num "creme" see-through :wub:. A diferença de preço até justificava a TE-52 que tinha corpo de ash, provavelmente full-thickness, strings-through-body, melhores pickups e melhor hardware. Enfim, quem vê caras não vê corações posso dizer que comprei com os olhos. Quem nunca? :D 

 

Primeiras impressões:

  • Negativo: o corpo não é full "thickness". É mais fino que o normal, igual ao de uma squier affinity tele. Tem, segundo pude ver, pelo menos 4 tiras de madeira colada.
  • O braço é porreiro mas os frets são algo finos.
  • A qualidade geral é surpreendentemente boa para o preço. Diria que está ao nível da squier affinity que custa o dobro, o que significa que é perfeitamente tocável (a qualidade da squier hoje em dia é bastante boa) e não tem falhas aparentes.
  • Os pickups de origem não são nada de especial mas não são horríveis, nem são muito desiquilibrados.
  • A acção é média-baixa, mas até ver não trasteja. É confortável.

 

Alterações

Fiz duas:

  • Aproveitei o facto da ponte já vir com os furinhos para string through feitos, comprei só os string sockets (4€) e fiz os furos na madeira até à parte de trás do corpo (como podem ver furei de cima para baixo e a pintura lascou um bocado, nabice minha, devia ter tido mais cuidado :ph34r:):

11887961_800.jpg

IMG_20191019_115856-min.jpg

  • Mudei o pickup do braço para um DiMarzio Twang King. 

 

Com estas duas alterações o som da guitarra melhorou e o sustain também, mas noto uma coisa: não tem aquele som a "tele" como manda a lei. Chego a uma conclusão: o facto de o corpo não ter a espessura "standard" é fundamental. Já tive 2 teles de gama baixa, uma com corpo "magro" (Squier Affinity) e uma com corpo standard (Jack and Danny), todas com braço em maple e corpo em alder. Prova-se que só a guitarra com corpo standard soava verdadeiramente a "telecaster". Ou seja, a massa do corpo é fundamental. Mas por 89€, não posso pedir mais.

  • Gosto 5

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pgranadas    2314

Por acaso já me passou pela cabeça comprar um baixo jazz da marca, só porque gostava de ter um baixo jazz, mas depois fico a pensar que mais vale para o Marcus Miller...  e pronto, ainda não me decidi.

Mas é incrível o que se consegue hoje em dia com pouco investimento.

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pgranadas    2314

Gostei bastante. Não parece nada seu um bacalhau de 90€.

como é a tocabilidade e a afinação ?

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
xtech    2970

A tocabilidade é porreira, toca-se bem.. tou habituado a trastos maiores mas não é algo que incomode. Os afinadores são maus... são o ponto mais fraco: têm um rácio pequeno, já vêm cansados de fábrica (rodas mas nem sempre puxa a corda, se me faço entender), e desafinam com alguma facilidade. 

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
CarlosC    48

Parabéns pela guitarra. 
Mudaste também os pots? isso podia ajudar a chegar lá. 

Há muita malta que defende que em solid bodies, tonewood quase não existe. 
Vê o material do nut, dos saddles e dos tunners, isso também pode influenciar o timbre.
Diverte-te.

  • Gosto 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
ncarmona    474
On 10/19/2019 at 22:23, xtech disse:

A tocabilidade é porreira, toca-se bem.. tou habituado a trastos maiores mas não é algo que incomode. Os afinadores são maus... são o ponto mais fraco: têm um rácio pequeno, já vêm cansados de fábrica (rodas mas nem sempre puxa a corda, se me faço entender), e desafinam com alguma facilidade. 

Põe uns locking tuners nisso! Os da HB têm bom aspecto. E a guitarra valoriza logo 50%:D

há 7 horas, CarlosC disse:

Parabéns pela guitarra. 
Mudaste também os pots? isso podia ajudar a chegar lá. 

Há muita malta que defende que em solid bodies, tonewood quase não existe. 
Vê o material do nut, dos saddles e dos tunners, isso também pode influenciar o timbre.
Diverte-te.

+1

Por ordem de importância : pickups, cordas, ponte e nut. Afinadores já tenho dúvidas que ajudem o tone a não ser na parte mais importante: a afinação!

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
xtech    2970
há 11 horas, CarlosC disse:

Mudaste também os pots? isso podia ajudar a chegar lá. 

Não mudei pots, e só mudei o Pickup do braço, o da ponte é o de origem.

Quanto às tonewoods, eu acho que têm pelo menos alguma influência em solid bodies, mas é uma discussão que nunca há consensos :)

Sim o nut e os tuners gostava de trocar um dia destes!

há 4 horas, ncarmona disse:

Põe uns locking tuners nisso! Os da HB têm bom aspecto. E a guitarra valoriza logo 50%:D

Sim, serão mesmo locking tuners! A HB tem disso? Não sabia! São bons?

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Egiptogrunge    79
On 10/19/2019 at 12:20, xtech disse:

Chego a uma conclusão: o facto de o corpo não ter a espessura "standard" é fundamental. Já tive 2 teles de gama baixa, uma com corpo "magro" (Squier Affinity) e uma com corpo standard (Jack and Danny), todas com braço em maple e corpo em alder.

xtech, penso que não seja bem assim. Eu tenho uma Squier Standard com a espessura normal e tenho outra tele que comprei modificada. Essa outra tele é bem mais fina, penso que o corpo é squier. Na verdade esta tele mais fina tem muito melhor tone e bem mais característico de teles, segundo o vendedor na altura, os pickups são fender (apesar que numa altura que abri a guitarra não vi nenhuma referência à fender nos pickups). Penso que seja mais uma questão dos pickups que outra coisa.

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
xtech    2970
há 2 horas, Egiptogrunge disse:

Penso que seja mais uma questão dos pickups que outra coisa.

Os pickups têm uma grande influência, sem dúvida, provavelmente a maior. Mas o meu Twang King, que passou por todas, soava diferente nelas todas... soava melhor na J&D do que na Squier e do que nesta Harley Benton. A única diferença de relevo que tinham era a espessura do corpo, daí a minha conclusão.

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora