Ricardo Pinto

Sinal Stereo para 2 Monos



Posts Recomendados:

resolectric    1373
On 12/9/2019 at 00:46, Ricardo Pinto disse:

...Os pickups magnéticos para o pedalboard e o piezo para o PA...

 

 

E o Jack fêmea na saída da guitarra é TRS (dois terminais e massa)?
E envia mesmo o sinal do Piezo por um terminal e o sinal dos PUs por outro terminal?
Que estranho.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1851
há 11 minutos, resolectric disse:

E o Jack fêmea na saída da guitarra é TRS (dois terminais e massa)?
E envia mesmo o sinal do Piezo por um terminal e o sinal dos PUs por outro terminal?
Que estranho.

Não sei de que guitarra se trata, as minhas que estão equipadas com Piezos da Graphtech têm essa possibilidade. O jack fêmea tem 4 terminais para fazer a separação to sinal dos pickups magnéticos e piezos, um para a massa e outro para a pilha do preamp. Neste caso, se ligar um cabo mono obtenho a saída dos piezos e magnéticos misturada. As que têm piezos da LR Baggs têm dois jaks, um faz a mistura e envia o sinal para o mesmo lugar ou, se usar os dois jacks, o primeiro tem o sinal dos magnéticos e o outro dos piezos, mas preciso de 2 cabos.

Nos dois casos, tenho sempre a possibilidade de gerir e misturar os sinais antes da saída através de miniswitches associados aos preamps dos piezos. A mistura é SEMPRE em paralelo.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    1373
Agora mesmo, tmo disse:

...O jack fêmea tem 4 terminais
...


Falas dos terminais de ligação para o interior, para a cablagem, certo?
Mas não estou a ver o porquê (e o como) de existirem 4 terminais.
O da alimentação não é necessário no jack e se o piezo estivesse ligado, por exemplo ao Tip (ponta do jack TRS) e o Magnético ao Ring (anel do TRS) ao meter um jack "Mono" (TS) e Magnético era imediatamente enviado para a massa.

Tens aí um esquema dessa ligação de que falas?

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

A guitarra em causa é uma MusicMan Majesty.

A guitarra tem um pre, que entre outras, tem a função, de permitir a seleção Se saída em mono (com cabo normal para o mesmo amp) ou saída em stereo com cabo TRS, que pode ser ligado a uma ABY Box (penso eu) ou via cabo Y.

A minha outra MusicMan, tem um sistema diferente.. duas saídas. Uma mono e uma stereo. Se ligar um jack mono na saída stereo, o piezo não tem som.. 

 

em relação ao resto que falaram, pra mim é completamente chinês.

:-)

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1851

@resolectric here you go, one of many: https://cdn.shopify.com/s/files/1/2372/8913/files/acousti-phonic-kit.pdf - Tirado do site da Graphtech. Acaba por ser o que tenho instalado em 3 das minhas guitarras, a que aparece no "laboratório sonoro", uma fretless com piezos e sustainer e numa de o cordas. O que referes relativamente ao circuito, está a passar-me ao lado, como não tenho pegado nestas coisas estou lerdo das ideias e não percebi bem o que querias dizer...

@Ricardo Pinto Nestas 3 guitarras que referi (sistema Graphtech), se ligar um jack MONO, obtenho a mistura dos sinais, dependendo do selector na face da guitarra. Posso ter só magnéticos, só piezos ou a mistura, tudo amplificado pelo mesmo amplificador. Se ligar um cabo stereo e fizer a separação do sinal, continuo a ter a possibilidade de misturar o sinal, mas apenas após a guitarra, pois este sai desta em vias separadas... e continuo a ter a possibilidade de ter apenas mags, piezos ou mistura pelo switch na face da guitarra. Estas guitarras foram alteradas por mim.

Nas outras duas guitarras com sistema da LR Baggs, elas têm dois jacks, um só para piezos e outro para piezos e/ou Mags, dependendo de um switch à face da guitarra. Nestas guitarras há então 2 switches, um que define como é o output e outro que define qual a fonte sonora, se piezos ou magnéticos. Relativamente ao primeiro switch, das duas uma, ou tenho os sinais separados em dois jacks diferentes, precisando para isso de dois cabos para amplificar independentemente os sinais ou misturá-los fora da guitarra, ou uso apenas um dos jacks e obtenho o sinal misturado à saída da guitarra. NEstas guitarras tenho igualmente a possibilidade de usar apenas piezos, apenas mags ou uma mistura. Estas guitarras são Ibanez RG2027XVV e penso que tenham servido de inspiração às do Petrucci.

Ibanez-RG2027XVV_RG7421.jpg

Ora na foto temos dos lados as com o sistema LR Baggs (vieram assim de fábrica) e no meio uma das que tem o sistema Graphtech. A da esquerda da foto pode ser vista em acção nos filmes da banda... (ver assinatura)...

  • Gosto 1
  • Útil 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Olá a todos. Usando este tópico. Tenho um amplificador Marshall AS50D. Não tem saída de headphones, uso a saída line out (porque controlo com o volume da entrada do canal) e deixo o volume master no zero. Funciona. Posso praticar sem incomodar ninguém.

A cena é que a saída é mono. Só tenho som num ouvido. Disseram-me que existe um adaptador que não transforma a saída em stereo como é normal mas que divide o som em dois, possibilitando ouvir nos dois lados. Onde é que arranjo isso?

 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    1373
há 13 horas, tmo disse:

@resolectric here you go, one of many: https://cdn.shopify.com/s/files/1/2372/8913/files/acousti-phonic-kit.pdf - Tirado do site da Graphtech. Acaba por ser o que tenho instalado em 3 das minhas guitarras, a que aparece no "laboratório sonoro", uma fretless com piezos e sustainer e numa de o cordas. O que referes relativamente ao circuito, está a passar-me ao lado, como não tenho pegado nestas coisas estou lerdo das ideias e não percebi bem o que querias dizer...

...

Acho que nem eu! :D

Ok, Acousti-phonic! Isso é um circuito tremendo.
Tem um circuito que detecta se o jack inserido é TRS ou TS.
Pode-se usar um cabo em Y sem qualquer problema. Jack TRS numa ponta para dois Jacks TS. É o designado por cabo de "Insert".
Tudo certo.

Obrigado pelo esquema!

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1851

@resolectric A coisa não é bem assim de ter detecção do tipo de jack tipo milagre da engenharia, os piezos e os magnéticos têm circuitos diferentes/paralelos que descarregam nas mangas do jack fêmea stereo. Se o jack macho for mono, faz-se aí a mistura dos sinais, se for stereo, faz-se a separação para o cabo Y.

Depois há um switch para decidir qual dos circuitos manda o sinal para fora, se os pezos, os magnéticos ou ambos.

O switch ON/OFF do preamp faz-se ao nível da manga dos piezos, pelo que liga sempre, quer se tenha um jack macho mono ou stereo.

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    1373


Pelo esquema, o Piezo vai para o Ring (anel) e o Magnético vai para o Tip (ponta) do Jack de saída.
Quando se insere um Jack "mono" (TS) na saída ele soma o Piezo e o Magnético no terminal Tip.
Isto segundo o esquema.
Portanto, pelo que entendo tem de ser com um circuito pois se for só por acção mecânica, o "anel" é físicamente "shuntado" à massa (S).
Não sei como é que fazem isso mas os comutadores que vejo no esquema são para timbre e comutação de pickups na saída quando é usado um Jack TS.

Mas vendo isso a funcionar se calhar percebia melhor o que se passa e como.
Assim, devo estar a ser nabo.
O esquema é de bloco, não é um esquema eléctrico muito detalhado, não dá para ter certeza de como é que fazem.

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1851

Se calhar tens razão, é como te disse, não pego nestas coisas há MUITO tempo... a cabeça não dá para tudo...

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora