Posts Recomendados:

Thomasyoung    631
On 08/01/2020 at 00:20, mastersamu disse:

Ora vamos aprender a tocar guitarra, compramos uma acústica e começamos a dar uns toques .. e nasce o bixinho..

Vou comprar uma elétrica para ter “aquele” som e fazer uns solos, vem um amp, agora os efeitos , etc..

É tão fácil gastar dinheiro neste hobby, atrevo me a dizer hobby porque grande maioria de nós não vai ver o material pago com os concertos que damos oi que poderemos vir a dar, e por ventura aquilo que ganhamos acabamos por gastar em equipamentos..

 

Lembrei-me deste post porque pela primeira vez fiz contas ao que já gastei e não foi pouco e foi tudo por baixo, material em segunda mão e novo mais acessível. Ainda tenho material para chegar e já estou a pesquisar futuras possíveis compras..

 

Isto é normal? Também vos acontece o mesmo? Será por ser as várias opções como pedais e afins serem mais acessíveis e doerem menos de cada de cada vez nos dá o tal GAS ?

A quantidade de pedais de efeitos , overdrives , delay’s, tenho uma guitarra com humbuckers como será com single  coil, amps, para não falar nos consumiveis..
Nunca me considerei um consumidor compulsivo nem tenho dinheiro para isso mas isto parece um vício?

Uma coisa tenho a certeza , no fim das  contas dá um prazer do c@*@&€# curtir o “nosso som” :)

 

Ora aconteceu comigo, durante 3 anos seguidos, gastei muito dinheiro em material e vendi muita coisa perdendo dinheiro como é obvio.

Hoje em dia tenho ainda bastante material que pretendo ficar sem ter de vender mais nada. Se é um hobby foi um investimento para o teu prazer, ou se te consideras um coleccionador aficionado pode também ser um investimento.

Eu cheguei também a receber por exemplo um amplificador e no mesmo dia ver outros, ou chegar uma guitarra e ver e querer outras...

O que fiz ?????

Começei a dedicar mais o meu tempo a aprender musica, a tocar novas musicas, praticar, gravar, ensaiar com a banda etc etc.
Sei que tenho e tive :) dos melhores equipamentos para tocar guitarra, (Kemper, Mesa Boogie, ENGL, Marshall, Dezenas/Centenas de pedais de boutique)
..... e hoje em dia toco vários géneros musicais pois o prazer de tocar tornou-se maior do que a vontade de ter material mais recente.

Começei a gastar mais o dinheiro em material high end pois as escolhas são mais certeiras e o que compro agora tende em ficar, do que se compras material de baixo custo que acabas por não ter prazer.

Este é o meu ponto de vista, e quem gosta de tocar e de perceber e ter material um dia vai chegar a esta conclusão, uns demoram mais tempo que outros e outros não têm dinheiro para gastar, por isso o prazer deverá ser sempre Tocar e aprender musica, pois o prazer tem de vir em ouvir o nosso som em vez de nos anularmos em ter muito material sem tirar bom som dele :) 

Um abraço :)
 

 

  • Gosto 3

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
jlcosta    742

Epah ninguém começa um hobby a pensar que é caro, acho que o problema é esse.
Compras uma "viola" por 100 € e passados 4 anos tens a reforma derretida em material sem te aperceberes.

Hoje tenho mais pena de não ter tempo para praticar, do que dinheiro para comprar material novo. :(

  • Gosto 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Antonio    529
há 1 hora, Thomasyoung disse:

Ora aconteceu comigo, durante 3 anos seguidos, gastei muito dinheiro em material e vendi muita coisa perdendo dinheiro como é obvio.

Hoje em dia tenho ainda bastante material que pretendo ficar sem ter de vender mais nada. Se é um hobby foi um investimento para o teu prazer, ou se te consideras um coleccionador aficionado pode também ser um investimento.

Eu cheguei também a receber por exemplo um amplificador e no mesmo dia ver outros, ou chegar uma guitarra e ver e querer outras...

O que fiz ?????

Começei a dedicar mais o meu tempo a aprender musica, a tocar novas musicas, praticar, gravar, ensaiar com a banda etc etc.
Sei que tenho e tive :) dos melhores equipamentos para tocar guitarra, (Kemper, Mesa Boogie, ENGL, Marshall, Dezenas/Centenas de pedais de boutique)
..... e hoje em dia toco vários géneros musicais pois o prazer de tocar tornou-se maior do que a vontade de ter material mais recente.

Começei a gastar mais o dinheiro em material high end pois as escolhas são mais certeiras e o que compro agora tende em ficar, do que se compras material de baixo custo que acabas por não ter prazer.

Este é o meu ponto de vista, e quem gosta de tocar e de perceber e ter material um dia vai chegar a esta conclusão, uns demoram mais tempo que outros e outros não têm dinheiro para gastar, por isso o prazer deverá ser sempre Tocar e aprender musica, pois o prazer tem de vir em ouvir o nosso som em vez de nos anularmos em ter muito material sem tirar bom som dele :) 

Um abraço :)
 

 

exacto! 

Mostro muitas vezes este video aos alunos e amigos para provar esse ponto: 

 

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    1371
há 2 horas, Antonio disse:

RockGP, Pinhal Novo 

Boa!
Já tens mais um like ;)

No site oficial as fotos não estão a carregar.

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1836

No seguimento do que têm vindo a dizer, a viagem é o objectivo, não o transporte... no entanto o transporte condiciona a viagem, veja-se o comentário final do Joe neste vídeo "It was a little painful on this...".

É necessário encontrar um equilíbrio entre o que se tem e o que se pretende, seja a nível de material, seja de conhecimentos.

A música tem várias vertentes pelo ponto de vista do músico:

  • a mais convencional no mundo das guitarras eléctricas é que o timbre (tone) vem do produto XPTO + uma catrefada de outras pequenas coisas. Até certo ponto é verdade, pois uma guitarra barítono tem necessariamente um timbre diferente de uma guitarra normal, sendo todo o material e construção iguais, ou uma strat versus uma LP, etc...
  • a menos convencional vem do estudo musical, quer da teoria quer da execução.

O engraçado nisto, é que são ambas fundamentais para a obtenção de um bom TIMBRE. A primeira fornece o suporte físico, a segunda executa-o. Ficar apenas na primeira significa um investimento estúpido em material do qual não se vai saber tirar o devido proveito. Daí a constante rotação de pedais e guitarras. Se ficarmos apenas na segunda, tornamo-nos nuns académicos e acabamos por não ter uma assinatura sonora. A mistura dos dois é a melhor coisa.

Como fazê-lo? Sucintamente só se deve comprar cenas "novas" quando estamos satisfeitos com o que temos. Quando não estamos satisfeitos com o que temos, investe-se na educação, no estudo, na aprendizagem...

Investir no estudo significa não apenas a teoria musical e/ou técnica do instrumento, mas também no estudo da tecnologia do instrumento, como é que funciona esta e aquela ferramenta (pickups, potenciómetros, botões dos efeitos, os efeitos propriamente ditos, etc...). Desta forma aprende-se que pequenos ajustes podem fazer milagres, quer em termos de gozo, quer em termos de performance ou mesmo de timbre... e consequentemente de técnica. Desta forma tornamo-nos mais focados também na procura/recolha daquilo que de facto faz sentido na nossa viagem... LET GO OF MARKETING ROMANCE...

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
mastersamu    22

É verdade é, vocês têm razão.

Já perdi a noção ao que já gastei em teclados e afins para fazer um estúdio caseiro, sempre tive guitarras acústicas e sempre tive a panca de explorar as eléctricas mas só agora é que me dediquei á coisa, mas posso dizer que apesar de não ter feito muito  lucro com a música já fiz em tempos muitos concertos e muitos dos  meus convívios são juntar os amigos para uma jantarada, tocar e cantar.. e beber.. e chegas á conclusão que há coisas que não se pagam .

Agora, com teclados dás 1000..1500€ assim por alto de uma só vez e dedicas-te á programação, fazer os teus presets e tens um mundo de sons para explorar e o teclado vai ficando por uns bons tempos.

Agora a guitarra jasus.. compras uma coisinha aqui, outra ali.. há e tal este pedal é barato, ui.. aquilo também é.. e quando das por ti foram 1000€ sem dares por eles lol.

Agora uma coisa é certa, é material para anos e anos, o meu amp favorito e que o toco diariamente é um Dean Markley k150 com 33 anos que ninguém conhece e se fosse preciso o levar para um gig com 100w ainda dava cartas.

E claro , a instrução e técnica é muito importante mesmo e é uma coisa que  pratico todos os dias e os resultados são óbvios mas acho que o GAS vem  ao mesmo tempo que evoluis na técnica, pelo menos no meu caso.

Já disse á minha mulher que a culpa disto tudo é do YouTube , um gajo mete-se a ver vídeos de material e depois olha..lol

E depois ha uns que vem aqui mostrar o korg wavstate e a minha mulher já me disse que ando a ver vídeos dele a mais..lol

 

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    1371
há 38 minutos, mastersamu disse:

...

Já disse á minha mulher que a culpa disto tudo é do YouTube , um gajo mete-se a ver vídeos de material e depois olha..lol

E depois ha uns que vem aqui mostrar o korg wavstate e a minha mulher já me disse que ando a ver vídeos dele a mais..lol

 

Ou isso ou porn.

  • Riso 3

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Antonio    529
há 19 minutos, resolectric disse:

Ou isso ou porn.

ahahah priceless! 

trair a mulher e dizer que a culpa é do porn :ph34r::D

  • Gosto 1
  • Riso 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    1371
há 4 minutos, Antonio disse:

ahahah priceless! 

trair a mulher e dizer que a culpa é do porn :ph34r::D

 

 

Citando:

há 1 hora, mastersamu disse:

...um gajo mete-se a ver vídeos de material e depois olha...

:rolleyes:

  • Riso 3

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1836

... um pouco of topic, mas enquadrado na sequência da conversa...

C2AQ1jsWEAQPgBV.jpg

images?q=tbn:ANd9GcQt4iXVaAqdRyBk3yZ1hPv

 

  • Gosto 1
  • Riso 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora