exmusico

Yamaha Montage e MODX - Tópico de partilha e esclarecimento de dúvidas



Posts Recomendados:

phillipric    237
há 31 minutos, Freaking Prawn disse:

1º formatas a pen no Modx e poes la dentro td o k esta em User no modx. Depois fazes o Update [segue as instrucoes] e depois dele feito voltas a colocar o conteudo de User que salvaste na pen, dentro do Modx.

È a mesma coisa quando usas uma pen de um pc para outro

O meu teclado veio com uma oferta de umas librarias e performance já feitas (há umas demonstrações no youtube, com sons do Toto (Africa), Bon Jovi, Queen, etc), bem como uns fender rhodes. Não queria perder isso também. Mas pronto, vou começar por fazer o backup. 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
exmusico    135
há 4 horas, phillipric disse:

Dentro de cada parte tens 8 sons, para os supostos 32 terias de poder fazer "scenes" (se é a isso que te referes) com mais layers e só surgem 8. 

 

O que eu queria dizer basicamente é que no MODX só podes usar 4 partes para usufruir do SSS.  Então se cada parte tem 8 waveforms ( eles chamam de "element", então 8x4=32. Num video qualquer  que vi, dizem que são basicamente 8 osciladores por part.

Na pagina inicial  vai ao menu EDIT da part em questão  e cá em baixo tens os 8 ELM.  Cada ELM  é (quase) totalmente configurável no range para splits por exemplo. Porém, acho que não podes configurar o reverb e pan de cada elemento pelo que tem algumas limitações de facto.

Não estou a falar de scenes. Isso é outro número de obra...:ph34r::D

O problema dos "cotas" é que estamos habituados a um conceito de sistema operativo completamente diferente o que nos leva a ter uma abordagem errada perante o teclado. Eu já estou a começar a entrar nele mas não é fácil. Para exemplificar : raramente aprecem canais midi ( eu não dei conta de ver e raramente aparece o termo midi...) . Nem sei se as partes têm algum canal midi sequer... Isso gera confusão.

 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Freaking Prawn    187
há 16 minutos, phillipric disse:

O meu teclado veio com uma oferta de umas librarias e performance já feitas (há umas demonstrações no youtube, com sons do Toto (Africa), Bon Jovi, Queen, etc), bem como uns fender rhodes. Não queria perder isso também. Mas pronto, vou começar por fazer o backup. 

Se não estou em erro, esses add-ons estão tambem numa pasta que podes salvar.
No site da Yamaha ha tambem bundles gratuitas [e se não me engano o Bosendorffer esteve la, se não esta ainda... mais um piano para o bixo]

há 17 minutos, exmusico disse:

O que eu queria dizer basicamente é que no MODX só podes usar 4 partes para usufruir do SSS.  Então se cada parte tem 8 waveforms ( eles chamam de "element", então 8x4=32. Num video qualquer  que vi, dizem que são basicamente 8 osciladores por part.

Na pagina inicial  vai ao menu EDIT da part em questão  e cá em baixo tens os 8 ELM.  Cada ELM  é (quase) totalmente configurável no range para splits por exemplo. Porém, acho que não podes configurar o reverb e pan de cada elemento pelo que tem algumas limitações de facto.

Não estou a falar de scenes. Isso é outro número de obra...:ph34r::D

O problema dos "cotas" é que estamos habituados a um conceito de sistema operativo completamente diferente o que nos leva a ter uma abordagem errada perante o teclado. Eu já estou a começar a entrar nele mas não é fácil. Para exemplificar : raramente aprecem canais midi ( eu não dei conta de ver e raramente aparece o termo midi...) . Nem sei se as partes têm algum canal midi sequer... Isso gera confusão.

 

E eu que nunca usei MIDI?!

Supostamente os efeitos que passam de uma scene para outra não são os Masters?

Eu tenho alguma dificuldade em perceber o que se possa querer de uma performace de 8 partes, cada qual com 8 elementos. Alem de ficar super confuso [especialmente se forem tudo sons diferentes], a maior parte perde-se na mistura. :ph34r:

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
exmusico    135
há 29 minutos, Freaking Prawn disse:

Eu tenho alguma dificuldade em perceber o que se possa querer de uma performace de 8 partes, cada qual com 8 elementos. Alem de ficar super confuso [especialmente se forem tudo sons diferentes], a maior parte perde-se na mistura. :ph34r:

A razão de ser é mais ou menos assim ( as desculpas pela falta de rigor).  Se não houvesse limitação de rom ( megas) ,  podias ter um piano com 5 Gigas e  tava feito.  Como tens limitação, então  devem usar-se os elementos  que são ( provavelmente) samples/wavformes samplados a um frequência qualquer e depois extrapolados para cima ou para baixo. Isso faz com que um sample dum   LA de  440hz possa  ser extrapolado para umas quantas notas abaixo ou acima sem ser necessário samplar todas as notas ( ocupas menos memória assim).  No caso dos pianos a coisa complica-se porque conforme a velocity, o som é diferente... Uma maneira de perceber é estudar o som  CFX stage por exemplo e ver os vários elementos que tem deferente presets ( o CFX mp ST, CFX f ST , CFX fff ST, etc) . À medida que tocas nas teclas há uma luz do elemento que acende e ficas a saber qual a waveform tocada naquele instante.

Ainda assim, não estou inteiramente convencido que o que eles chamam de "Preset" (que serve de base ao "element")  seja um Waveforme única. Parece-me que são blocos de samples com vária notas sampladas. Mas tenho de estudar melhor o assunto.

A arquitectura é complexa e isso já nós sabemos mas a sequência é mais  ou menos assim

1) Preset ou Waveform ( que não sei se é sample único ou multisamplada )

2) Elemento ( que pega na waveform e altera parâmetros diversos)

3) Part ( que junta 8 elementos)

4) Performance que junta até 8 Parts  no MODX e até  16 no montage apesar da não existirem sons de origem com 16 parts.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Freaking Prawn    187
há 30 minutos, exmusico disse:

A razão de ser é mais ou menos assim ( as desculpas pela falta de rigor).  Se não houvesse limitação de rom ( megas) ,  podias ter um piano com 5 Gigas e  tava feito.  Como tens limitação, então  devem usar-se os elementos  que são ( provavelmente) samples/wavformes samplados a um frequência qualquer e depois extrapolados para cima ou para baixo. Isso faz com que um sample dum   LA de  440hz possa  ser extrapolado para umas quantas notas abaixo ou acima sem ser necessário samplar todas as notas ( ocupas menos memória assim).  No caso dos pianos a coisa complica-se porque conforme a velocity, o som é diferente... Uma maneira de perceber é estudar o som  CFX stage por exemplo e ver os vários elementos que tem deferente presets ( o CFX mp ST, CFX f ST , CFX fff ST, etc) . À medida que tocas nas teclas há uma luz do elemento que acende e ficas a saber qual a waveform tocada naquele instante.

Ainda assim, não estou inteiramente convencido que o que eles chamam de "Preset" (que serve de base ao "element")  seja um Waveforme única. Parece-me que são blocos de samples com vária notas sampladas. Mas tenho de estudar melhor o assunto.

A arquitectura é complexa e isso já nós sabemos mas a sequência é mais  ou menos assim

1) Preset ou Waveform ( que não sei se é sample único ou multisamplada )

2) Elemento ( que pega na waveform e altera parâmetros diversos)

3) Part ( que junta 8 elementos)

4) Performance que junta até 8 Parts  no MODX e até  16 no montage apesar da não existirem sons de origem com 16 parts.

pois em termos de piano ou instrumentos acusticos variados faz sentido ter varios elementos que disparam a uma determinada velocidade e samples diferentes consoante vais subindo ou descendo no teclado/fretboard [o som das oitavas mais altas num piano de cauda e bem diferente das restantes oitavas, por exemplo].

Ate ver, todos os teclados top usam multisamples como instrumentos acusticos, vozes etc. Excepto talvez a Roland que usa outro sistema, mas acho [digo eu] que eles tambem usam multisamples em algumas coisas.

O rei da filha da putice da imensidão continua a ser o Kronos. Mas não ha guitos. E olhando para os menus deles, não sei qual o mais confuso, se o Kronos se o Montage se o Forte.

A mim a cena dos menus não me causa conflicto porque não toco ao vivo e gravo tudo em separado [e vejo o ModX mais como um sint FM com Rompler do que propriamente uma Workstation. A forma como se encara o bixo tambem ajuda a desbravar caminho]

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
exmusico    135

Eu acho que a chave do sucesso destes Yamaha é a mamoca. É  uma invenção que parecia ridículo à partida  mas que é verdadeiramente disruptiva em relação ao passado e que permite  coisas extremamente interessante e inovadores. Mas para isso é preciso explorar e perder muito tempo a experimentar sons...

Uma dica interessante que li algures: não tentem tocar sempre  as mesmas coisas em performances  diferente para ouvir: usem o botão "audition" para terem uma ideia do potencial das performances.

O Kronos é bom mas não é nada do outro mundo nem assim tão melhor que um MODX/ Montage. No final do dia, contam muito as unhas e a criatividade e isso é independente de qualquer teclado. 

 

 

 

  • Gosto 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Freaking Prawn    187
há 1 minuto, exmusico disse:

Eu acho que a chave do sucesso destes Yamaha é a mamoca. É  uma invenção que parecia ridículo à partida  mas que é verdadeiramente disruptiva em relação ao passado e que permite  coisas extremamente interessante e inovadores. Mas para isso é preciso explorar e perder muito tempo a experimentar sons...

Uma dica interessante que li algures: não tentem tocar sempre  as mesmas coisas em performances  diferente para ouvir: usem o botão "audition" para terem uma ideia do potencial das performances.

O Kronos é bom mas não é nada do outro mundo nem assim tão melhor que um MODX/ Montage. No final do dia, contam muito as unhas e a criatividade e isso é independente de qualquer teclado. 

 

 

 

Mamoca?
"TETA!" :D

Referi o Kronos porque ele tem muitos menus [tambem tem mais engines] e chega a ser absurdo.

tens a TETA ligada a um pedal? Deve dar mais jeito.
 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
exmusico    135
há 3 minutos, Freaking Prawn disse:

Mamoca?
"TETA!" :D

Referi o Kronos porque ele tem muitos menus [tambem tem mais engines] e chega a ser absurdo.

tens a TETA ligada a um pedal? Deve dar mais jeito.
 

Sim, tenho o FC7 já vinha no bundle e de início  nem sequer liguei. Só passado algumas semanas é que me lembrei  de experimentar e descobri um mundo novo de possibilidades.

Só tens de tem um defeito / feitio : é necessário colocar a zero ( descarregar totalmente o pedal)  a cada mudança de performance pois o pedal "não é inteligente" e não sabe onde está posicionado nem o teclado consegue adivinhar. Aquilo é um simples potenciómetro.

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
phillipric    237
há 18 horas, Freaking Prawn disse:

Se não estou em erro, esses add-ons estão tambem numa pasta que podes salvar.
No site da Yamaha ha tambem bundles gratuitas [e se não me engano o Bosendorffer esteve la, se não esta ainda... mais um piano para o bixo]

E eu que nunca usei MIDI?!

Supostamente os efeitos que passam de uma scene para outra não são os Masters?

Eu tenho alguma dificuldade em perceber o que se possa querer de uma performace de 8 partes, cada qual com 8 elementos. Alem de ficar super confuso [especialmente se forem tudo sons diferentes], a maior parte perde-se na mistura. :ph34r:

Tentando enquadrar tudo o que já foi dito: os 8 elements de cada som podem ser editados mas não são sons diferentes, certo? Acabam por não ser os tais 8 sons dentro de cada som. Pelo que me fui apercebendo vão sendo activados dado a intensidade com que se toca nas teclas, teclas mais graves ou mais agudas, entrada de efeitos, etc. Parece-me mais um multisample do que propriamente outra coisa. 

Quanto aos efeitos das scenes, quer-me parecer que o master é decidido no menu "mixing". Nos efects sim, passa de uma scene para a outra.

Quanto às performance de 8 partes (deixando os elementos de parte, pois, como disse, parece-me que 8 elementos não são 8 sons), dou-te um exemplo:

Toco um tema em que uso um Piano Acústico, passo para um E.Piano e no Refrão uso um organ. Tranquilo. Numa mesma performance, 3 sons, cada um atribuído a uma scene. 

Tenho 2 temas que são tocados de forma consecutiva. No primeiro tema a 1ª scene tem um Moving Pad com Arp e um piano com delay. Passa para a 2ª scene, O pad + 2 trings + 2 choir pad. Na 3ª scene junta a isto um Orch. Hit. Estou a usar 7 sons, 6 em simultâneo e mais 1 na 1ª Scene. Sobra-me uma layer. No 2º tema que toco estou a usar 4 pads (e sim, fazem falta, mais um organ + choir). Ora, dado que o final do 1º tema mantém em suspenso o 1º som e passa para o segundo, ao seleccionar uma nova performance ouve-se o "corte" do som e fica uma trampa de todo o tamanho. Aí, as 16 layers seriam importantes. Não para tocar 16 sons ao mesmo tempo, mas para usar em scenes diferentes. 

há 19 horas, Freaking Prawn disse:

Se não estou em erro, esses add-ons estão tambem numa pasta que podes salvar.
No site da Yamaha ha tambem bundles gratuitas [e se não me engano o Bosendorffer esteve la, se não esta ainda... mais um piano para o bixo]

 

Grátis para os proprietários do Montage. Custo de 89,99€. 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
phillipric    237

Update realizado para a versão 2.0

 

Estou agora mesmo a fazer o load do backup a ver se não perco já as 6 performance que já tinha "montado" e que estavam já bem dentro do meu gosto, bem como as livrarias de sons que tinha antes. (SUCCESS)!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! :) 

@exmusico, já conseguiste perceber o funcionamento do superknob? Gostava de saber como posso 1) ter um som e ir passando para outro fazendo o primeiro desaparecer; 2) ter um som e ir misturando outro mantendo lá o 1º som. 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora