Alguém

Corda trasteja apenas num traste



Posts Recomendados:

F.Coelho    330

Há um aspecto a que poucos dão importância e pouco se ouve discutir pelos fóruns.

Refiro-me à qualidade da madeira de que é feita a escala de uma guitarra.

Vou referir-me somente ao chamado "rosewood".

Ao longo destes tempos e das minhas "bricolages", nas encomendas que fiz encontrei várias qualidades de rosewood.

Todos temos assumido que o rosewood é e só pode ser o rosewood e como tal uma madeira de alta densidade, sempre!

Errado!

Dos trabalhos que fiz de desbaste por lixa encontrei rosewood que me dava cabo do braço e outros que, especialmente, quando impregnados com algum óleo de tratamento pareciam autêntica manteiga.

E qual é o problema? É que um rosewood de fraca densidade "segura" de forma débil os trastes. Basta dar um pouco mais de óleo de tratamento em cima da escala para que os trastes que possam estar sobre tensão mecânica aliviem e acabem por ficar desnivelados.

O problema agrava-se quando os veios da madeira não correm paralelos ao braço. Isto é, os veios apresentam curvas. É que apesar de ser uma madeira de muita densidade, o rosewood não deixa de estar isento de (mili) contracções e expansões com o calor e ou humidade. E se os veios não estão paralelos essas deformações acabam por ser mais acentuadas nuns trastes que noutros. E estes mili desvios estragam o nivelamento.

Por isso ficamos por vezes espantados porque é que de um dia para o outro aparece fretbuzz nalguns trastes. Especialmente quando aparece um dia com humidade muito alta.

Uma solução que por vezes é adoptada é colar os trastes. Poderá parecer uma boa solução mas, mais uma vez, quando se aplica o óleo de tratamento a aderência da cola pode ser comprometida, pois este infiltra-se, tal como a humidade, embora em menor grau.

Estar a dar sempre óleo de tratamento não é uma boa prática. Não preciso dizer porquê.

 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Antonio    975
há 4 horas, Alguém disse:

Desapertei um pouco o truss rod e aparentemente ficou melhor. Ainda trasteja, mas nada como ontem.

Agora devo aguardar para que o braço se adapte à nova tensão, ou é imediato?

Boa. 

Recomendo ir curtindo assim e deixar o trabalho de tratos para depois do covid para ser feito por um profissional ;)

  • Gosto 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Antonio    975

Pena só ter visto este vídeo agora. Faz todo o sentido neste post. 

Se depois do sistema "T.R.A.I.N" o problema precistir, então é altura de procurar um profissional 

Nota, isto é o que tenho feito há anos de forma intuitiva apenas por conviver muito com guitarras. Posso dizer que resulta quase sempre 

 

 

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    2534

Está fixe o filme, curto e directo, mas não concordo com o mexer na pestana no fim. O teste que ele apresenta está correcto e o que afirma também, mas todos os ajustes à pestana são independentes de todos os restantes ajustes, diria mais, primários a todos os outros ajustes. Pois se antes do ajuste da pestana ajustarmos a tensão do braço, depois de ajustarmos a pestana (e vamos imaginar que tivemos de aprofundar um pouco que seja cada sulco das cordas), é muito provável que se tenha de ajustar a tensão do braço novamente, e depois a acção... e depois a intonação garantidamente.

Os ajustes à pestana não são transcendentes, mas convém não serem efectuados à maluca, ou o risco de se necessitar de uma pestana nova são grandes e não estamos em momentos de levar a guitarra à oficina.

Do meu ponto de vista, para testar se a pestana está em condições, basta que as cordas estejam afinadas como desejado, para a tensão/nota desejada. faz-se o teste, os ajustes necessários e depois segue-se com o resto das acções necessárias para calibrar correctamente (ao gosto do artista) a guitarra.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora