stratocosta

Altura dourada para seguir uma carreira na música



Posts Recomendados:

stratocosta    4060

na época dourada do passado ao fim de 5 álbuns , alguns com bastante sucesso e com longas tours , os Marillion estavam na falência.

se calhar temos uma tendência de só nos lembrarmos do prós e esquecer os contras

havia mesmo necessidade de levar 2 anos ( Michael Jackson ) , 10 anos ( Guns & Roses ou melhor Axel ) etc para gravar um álbum ?

vimos com a pandemia muitos artistas consagrados a publicarem videos , noutra época isso seria possível , esquecendo os limites tecnológicos ? 

contras ?  o Youtube é uma lixeira a céu aberto , existe censura e é uma guerra David / Golias , artista vs Youtube.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    2006

E se leres o livro do Ken Scott (sugeri-o ali nos Conteúdos do fórum) vais gostar de saber de alguns outros exageros, como por exemplo, andar a viajar pelo mundo (às custas da editora) a visitar estúdios para encontrar um que tivesse o som de Baixo e Kick dos Village People, para se conseguir o mesmo som num disco dos Supertramp :D

Haja dinheiro!

No fim, o som "estava" na Jamaica, num estúdio com os Woofers da monição, rasgados.

  • Gosto 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
stratocosta    4060
há 4 minutos, resolectric disse:

E se leres o livro do Ken Scott (sugeri-o ali nos Conteúdos do fórum) vais gostar de saber de alguns outros exageros, como por exemplo, andar a viajar pelo mundo (às custas da editora) a visitar estúdios para encontrar um que tivesse o som de Baixo e Kick dos Village People, para se conseguir o mesmo som num disco dos Supertramp :D

Haja dinheiro!

No fim, o som "estava" na Jamaica, num estúdio com os Woofers da monição, rasgados.

precisamos de um plug-in com isso asap :D

agora felizmente temos um plug-in para tudo:

- não sabes cantar afinado ? temos auto-tunes de várias marcas , até free.

- não percebes nada de teoria ? colecções de frases em midi ( está na moda , pelo menos é o que me sugere o youtube ) 

bem melhor que samples, não se fica limitado ao tempo e tom.

- não sabes masterizar / misturar ? temos isso , one knob ou na nuvem .

- micar amps ? isso é do século passado !

- baterista ? temos virtuais , ou se quiseres pagar a um pró , tens online ( ora mais uma oportunidade de ouro ... )

- estúdio ? para quê , é só 1 quarto, 1 laptop,  1 micro tipo Billie Eilish 

 

 

  • Gosto 1
  • Amo 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    2006
há 55 minutos, stratocosta disse:

... tipo Billie Eilish 

 

 

A Billie Eilish e o seu maninho, que a gravou, não são tão inocentes assim e não cairam do céu repentinamente, sem saberem onde estavam.
Isso foi marketing.

Aquilo é tudo muito estudado, planeado e organizado.

Digamos que se a invasão do Iraque fosse planeada da mesma maneira, ao fim de 3 dias estava tudo resolvido e o país reconstruído.
Não acredito em "inocências" daquelas "Oh, que surpresa, estou no top dos USA, ganhei um Grammy e sou uma estrela mundial. Estou tão surpreendida! E desejo paz para o mundo todo também."

Ya. Right. :nojento:

  • Gosto 4

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pipes    3768

Já para não falar no talento absurdo dessa miúda, e claramente do Finneas. Essa chavala é uma bomba ^^

há 22 horas, Antonio disse:

@pipes o problema é pensar assim. Por isso a minha frase anterior "tentar vender música hoje em dia é só parvo". Não estou com isto a dizer que acho certo as pessoas não pagarem a música. Até por está a desprover de valor algo muito valioso! É apenas a realidade nua e crua. As pessoas deixaram de comprar música então temos de vender outra coisa.

Uma anogia parva, se quizeres vender ar não consegues porque as pessoas têm todas ar de borla (quase todas lol). Mas se fores a um lugar turístico, tiraras uma foto a um turista e pedes para ele soprar para uma lata. Depois estampas na lata a foto dele nesse local turístico e vendes a recordação da foto na lata que tem o ar que ele respirou lá! Isto é um exemplo completamente idiota que inventei agora que pretende demonstrar que com imaginação consegue-se vender algo que todos têm de borla. Tens é que criar a experiência, o laço emocional. 

Uma das coisas que estou a pensar fazer, era para não revelar porque o segredo é a alma do negócio, é vender chandas Skype! Nós na página Facebook do projecto Anya Karin temos montes de mensagens de malta a querer falar com ela. Já perguntámos a muitos se estariam dispostos a pagar por uns minutos com nós OS DOIS (para não dar ideias) no Skype. Responderam quase todos que sim! Estamos só a montar as cenas. Paypal para receber, conta à parte no Skype só para isso, verificar se é possível virem a saber a localização, etc... 

Ou seja, ofereces a música e crias laços emocionais com o público. Depois exploras esses laços emocionais e vendes experiências! As pessoas pagam muito mais por memórias que por qualquer outra coisa. ;)

A parte de ser mais democrático é simplesmente porque estamos mais no controlo. Não estamos dependentes de um A&R qualquer agarrar ou descartar baseado numa gravação foleira de um ensaio. 

 

Pronto... Já escrevi o testamento agora vou ver o teu vídeo com calma. Depois comento. 

António, não te preocupes em partilhar o "segredo", porque isso que estás a pensar fazer é bastante standard e comum. E oxalá resulte para vocês.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pipes    3768
há 3 horas, stratocosta disse:

na época dourada do passado ao fim de 5 álbuns , alguns com bastante sucesso e com longas tours , os Marillion estavam na falência.

se calhar temos uma tendência de só nos lembrarmos do prós e esquecer os contras

havia mesmo necessidade de levar 2 anos ( Michael Jackson ) , 10 anos ( Guns & Roses ou melhor Axel ) etc para gravar um álbum ?

vimos com a pandemia muitos artistas consagrados a publicarem videos , noutra época isso seria possível , esquecendo os limites tecnológicos ? 

contras ?  o Youtube é uma lixeira a céu aberto , existe censura e é uma guerra David / Golias , artista vs Youtube.

Não. Mas acredita que mesmo assim, é preferível a gravares um álbum num fim-de-semana...

há 5 horas, stratocosta disse:

esse sr está preso ao passado. não vale a pena perder tempo com algo que não vai voltar.

e eu não sou propriamente um  "puto".

o cd / dvd já não faz qualquer sentido, é um desperdício de plástico , logística etc. 

agora parece que está de volta a k7. devem ser uns palermas que nunca a tiveram de usar todos os dias :devil:

 

edit: tenho a minha frente 1 caixote com 100 cds da banda.

se tivéssemos optado unicamente por distribuição online, não havia desperdício de stock  

Ainda tenho aqui uns 50 do meu 1º EP (2012). Nunca tive tanto gozo e orgulho em ter editado algo como esse EP. O 2º EP e o disco que a Farol apenas editou em formato digital, até me esqueço que os gravei, se é que isso faz sentido. Ahh, e ganhei mais dinheiro (ou perdi menos, lol) a pagar sozinho a edição física do 1º EP, pois sempre tinha algo para vender nos concertos. Vai lá vender streams depois de tocares, lol

  • Gosto 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Antonio    832
há 2 horas, pipes disse:

 

Ainda tenho aqui uns 50 do meu 1º EP (2012). Nunca tive tanto gozo e orgulho em ter editado algo como esse EP. O 2º EP e o disco que a Farol apenas editou em formato digital, até me esqueço que os gravei, se é que isso faz sentido. Ahh, e ganhei mais dinheiro (ou perdi menos, lol) a pagar sozinho a edição física do 1º EP, pois sempre tinha algo para vender nos concertos. Vai lá vender streams depois de tocares, lol

Mas CDs nos concertos, hoje em dia, cabe na categoria de merch. As pessoas compram para apoiar a banda e terem uma recordação. A maioria não ouve, até porque já não têm leitor de CDs... 

Acho que isso resulta com qualquer merch. Ter CDs, T-shirts, canetas, bonés, etc.. Coisas que dêem para autógrafar funcionam melhor 

 

EDIT: eu tenho aqui vários CDs e LPs que comprei mesmo por essa razão. Gosto da banda e quis dar o meu contributo. Alguns estão ainda embalados há anos! Eu compro o disco e depois ouço no Spotify :rolleyes::P

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pgranadas    2488
On 22/07/2020 at 19:08, Antonio disse:

Por outro lado eu agora encontro muito mais bandas para ouvir com  recurso ás recomendações dos algoritmos do spotify...

Será!??! Ou estará o algoritmo a meter nas sugestões, quem pagou para aparecer?

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Antonio    832
há 2 horas, pgranadas disse:

Será!??! Ou estará o algoritmo a meter nas sugestões, quem pagou para aparecer?

O spotify não tem esse serviço. Eu gostava que tivesse, já andei à procura. 

Mas isto leva a outro assunto. Hoje em dia é mais barato que nunca fazer publicidade! Com 20 ou 30 paus consegues fazer uma campanha que atinge milhares de pessoas. E as ferramentas de targeting são incríveis, consegues mostrar a tua música a pessoas que têm uma probabilidade enorme de gostar. 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    2006
há 3 horas, Antonio disse:

O spotify não tem esse serviço. Eu gostava que tivesse, já andei à procura. 

Mas isto leva a outro assunto. Hoje em dia é mais barato que nunca fazer publicidade! Com 20 ou 30 paus consegues fazer uma campanha que atinge milhares de pessoas. E as ferramentas de targeting são incríveis, consegues mostrar a tua música a pessoas que têm uma probabilidade enorme de gostar. 

De facto podes. Mas isso é a mesma coisa que tens estado a dizer e a defender desde o início do tópico.
Só mudaste a palavra "promoção" pela palavra "publicidade".

Estás a defender o teu ponto de vista, o que acho muito bem. Está bem defendido pois não mentes nem manipulas nenhuma das informações que tens sobre os actuais meios de promoção/publicidade para música e artistas (que é isso que fica on-topic).

Portanto, como é óbvio, não se pode discordar do que dizes. É a mesma coisa que dizer que "a sopa em pacote é muito prática, vende-se em todos os supermercados e é consumida por imensa gente".

Aquilo que as pessoas que discordam de ti te têm estado a dizer é que o Caldo Verde caseiro, feito em Ponte de Lima, é muito melhor.
Tu não vês "a coisa" porque nunca provaste.

 

  • Gosto 1
  • Amo 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora