Posts Recomendados:

F.Coelho    281

Existem momentos em que as coisas não parecem bem.

Momentos em que se olha para o lado e vemos as mesmas guitarras já há algum tempo e achamos que se calhar a solução para o problema é comprar uma nova guitarra.

Mas será?

É interessante o que se descreve na página:

https://geargods.net/features/5-things-you-should-do-instead-of-buying-a-new-guitar/

 

  • Gosto 2
  • Riso 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    2453

Há uma muito simples que é... desafinar a guitarra!... ou, posto noutros termos, afinar a guitarra de forma diferente à frequentemente usada, por exemplo afiná-la num acorde, o que significa que todas as barras que se fizerem serão uma transposição desse acorde. Outra sugestão, afinar a guitarra toda em 4ªs perfeitas, 5ªs perfeitas ou até mesmo 3ªs maiores. O padrão esquemático que as notas desenharão obrigarão a novas relações entre cordas e consequentemente a novas harmonias, é um desafio mental / intelectual enorme para saltar de uma afinação para outra... e a tola precisa de desafios, certo?

... mas boa posta @F.Coelho...

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    2453

Eu estou para aqui a mandar postas mas trouxe uma guitarra nova (para mim, a moça já é maior de idade) para casa hoje... :ph34r:... só que vocês não souberam isso por mim, ok? :D

 

  • Riso 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Freaking Prawn    338

Mudar de afinação ajuda bastante.

Comecei - como todos - na afinação normal - passei para baritono [BEADF#B], para Ostrich [DADDDD] e quero experimentar DADF#BD.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    2453

Há uns anos atrás, aquando da guerra do Golfo após o 9/11, havia uma afinação da qual todos tinham medo... BAGDAD...:ph34r:

  • Gosto 1
  • Riso 4

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
xtech    3252

Gostei da última sugestão do artigo... O problema nisto é que uma obra de engenharia destas é igual ao que se fazia há 50 anos...

A Gibson robot e tal foi muito criticada, mas acho que aquela geringonça para trocar afinações era fantástica! O problema é que o guitarrista só quer cenas "vintage", mesmo que tenha que andar a rodar os afinadores várias vezes cada vez que quer mudar de afinações..houve inovações porreiras, por exemplo o braço Z-glide que era mais rápido, o buzz feiten, e tantas outras... ninguém ligou muito. Se calhar a última grande inovação que os guitarristas aceitaram foi o Floyd Rose ou os picapaus activos... E mesmo assim muitos ainda criticam as "guitarras a pilhas" :D

  • Riso 1
  • Útil 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
deadpoet    1752
há 3 horas, Freaking Prawn disse:

quero experimentar DADF#BD

tenho usado isso, muito cool! ;)

 

não há nada como “mais uma guitarra”!...

-_-

  • Gosto 3

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora