Rukas

Quantas guitarras é que nós realmente precisamos?



Posts Recomendados:

Antonio    1038
há 8 minutos, tmo disse:

... os pickups são peças facilmente substituíveis...

Sim, mas se há à venda a versão já com os pickups que prefiro, porque ei de andar a perder tempo com essas chatices? 

  • Gosto 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    2702

... nesse caso estás à espera de quê?

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Antonio    1038
há 1 hora, tmo disse:

... nesse caso estás à espera de quê?

Que o Costa me deixe trabalhar... :unsure:

  • Gosto 1
  • Riso 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Boas malta.

Concordo com o teorema de que o número de guitarras é as que temos +1! Será sempre assim. :D

No meu caso, tenho:

Squier Strat Vintage Modified 70's (com o DG mod)

Fender Telecaster Vintera 50's Modified

Maison SG (com pickups Gibson 57 Classic Vintage)

Ibanez Artcore AG75

Jack&Danny Strat Vintage (com Tremolo Vintage Wilkinson e Tuners Gotoh que os originais partiram todos).

As guitarras de "combate" são a squier strat e a telecaster...

A J&D é só usada para ensaios e para tainadas que têm a possibilidade de correr mal. :P

A SG foi a minha guitarra de "combate" até ter a telecaster e a hollowbody foi a minha primeira guitarra elétrica e tem um valor sentimental muito grande.

Destas todas, não quero desfazer-me de nenhuma. Neste momento o meu +1 seria uma Fender Stratocaster de gama superior à minha Squier, mas nada de urgente.

Amps, o principal é meu faithful Blues Jr. III, e tenho um VOX MV50 de backup (que é pequenino e, se o amp do Blues Jr tem algum stress em palco, posso ligá-lo direto à coluna num instantinho). 

Pedais... São muitos. Tenho uso para eles todos.

Resumindo, estou muito satisfeito com o meu arsenal, dá resposta ao que quero fazer e permite passar por muitos estilos, embora esteja mais ligado ao blues... Tenho a telecaster agora como nr. 1,  e quando preciso de barra de tremolo, é só preciso de trocar de guitarra sem andar a alterar o setup do amp, uma vez que são as duas single coil, e o setup que uso no BJ numa e noutra é muito parecido... Quando tinha a SG era mais complicado, porque sempre que precisava de trocar de guitarra, tinha de alterar o setup do BJ. 

Cumprimentos,

Ricardo

  • Gosto 3

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pgranadas    2618

Esta coisa de guitarras é muito giro. Eu um dia resolvi comprar uma guitarra, que pela sua versatilidade, tinha como objectivo não comprar mais nenhuma guitarra eléctrica depois disso. Tinha o formato que aprecio mais (Stratocaster) e todos os tons necessários. Trata-se de uma Yamaha Variax. Tem o tom de strat, LP, SG, tele, 355, etc...

E é de facto talvez a guitarra que mais uso.

Agora vem o mais curioso da história.

Uso-a 98% das vezes, com os seus Pickups normais, e raramente, mas mesmo muito raramente uso qualquer uma das emulações.

Além dela tenho uma Ibanez, que também uso muito,mas como tem um tone mais escuro, uso-a menos, apesar de gostar muito do braço. Além disso tenho mais duas strats, uma sequer deluxe que foi a primeira que adquiri, e uma Dean Zalensky, porque estava em saldo nessa altura. 

Tenho também um baixo Ibanez, mas tenho gazeado por um jazz bass, porque gostava de ter essa opção de tone.

Quanto á questão de se precisamos de mais que uma? Para mim era impensável ir dar um concerto sem backup, portanto sim desse ponto de vista.

Mas trocava a maioria das minhas guitarras, por apenas uma. Sonho com aquela guitarra que assenta como uma luva nas minhas mãos, e tenha um tone que me faça sentir que não preciso de mais nada. Seria uma strat concerteza, mas nunca tive essa sensação. Ando lá perto com as minhas, mas ainda não atingi o ponto. No entanto não deixo de questionar se não será uma questão de ter um setup correcto que não consigo fazer, em vez de uma determinada guitarra.

  • Gosto 4

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    2702

@pgranadas - o setup de uma guitarra é tudo, pode fazer uma rasca soar a 1 canhão e uma top dollar soar a caca. Relativamente à Ibanez (é uma "S" certo), para lhe abrir as goelas, sugiro por começares a substituir-lhe os pots de volume (principalmente) e tone (secundário, mas também pode ajudar) por uns de 1Mega Ohms log/áudio. É uma substituição que custa menos de 5€ (depende do sítio onde compras os pots) e faz uma diferença astronómica no timbre da guitarra. Não esquecer um treble bleed no pot de volume e está feita a festa. Alternativamente, podes instalar um push/pull pot no volume para fazeres um "Blower switch", que basicamente é um bypass aos pots, retirando-os do circuito quando activado. Ah, e claro, tens sempre a opção de mudar os PUs, mas sai mais caro e é sempre uma roleta russa até acertarmos...

  • Gosto 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pgranadas    2618
há 4 minutos, tmo disse:

@pgranadas - o setup de uma guitarra é tudo, pode fazer uma rasca soar a 1 canhão e uma top dollar soar a caca. Relativamente à Ibanez (é uma "S" certo), para lhe abrir as goelas, sugiro por começares a substituir-lhe os pots de volume (principalmente) e tone (secundário, mas também pode ajudar) por uns de 1Mega Ohms log/áudio. É uma substituição que custa menos de 5€ (depende do sítio onde compras os pots) e faz uma diferença astronómica no timbre da guitarra. Não esquecer um treble bleed no pot de volume e está feita a festa. Alternativamente, podes instalar um push/pull pot no volume para fazeres um "Blower switch", que basicamente é um bypass aos pots, retirando-os do circuito quando activado. Ah, e claro, tens sempre a opção de mudar os PUs, mas sai mais caro e é sempre uma roleta russa até acertarmos...

Vou fazer isso, obrigado pela sugestão. Na volta ainda a virei a usar bem mais vezes.

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    2702

A substituição dos pots é uma modificação simples e barata, e pode resolver tantos problemas de EQ a jusante...

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pgranadas    2618
há 1 hora, tmo disse:

A substituição dos pots é uma modificação simples e barata, e pode resolver tantos problemas de EQ a jusante...

Podes sugerir alguma marca ou local online onde adquirir algo de qualidade?

Já que se trata de uma guitarra de qualidade, acho que pode justificar meter algo que não seja rasca.

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora