tmo

Pickups! Sugestões please...



Posts Recomendados:

tmo    2702

... E foram acrescentados mais 3 exemplos, o J, o K e o L como sugeridos noutros lados. Vou ver esse que sugeriste @pgranadas...

 

S2120X_AV_b.jpg

 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
gilly    210
há 22 horas, tmo disse:

@gilly O AirNorton 7 é bem fixe nas 7 cordas, tive-o instalado em duas guitarras durante bastante tempo. O AirNorton tornou-se um pickup referência tanto para as 6 como para as 7 cordas. O Tone Zone para 7 nunca desbundei, mas o de 6 está instalado da S540 azul da fotografia que já conhecem e que repito para o @resolectric ficar a par da guitarra em questão. Para esta guitarra (é a de apenas 2 humbuckers) estava numa de algo diferente, uma vez que esse som já está de certa forma salvaguardado pela guitarra azul: o TZ na bridge funciona bastante bem, no meio nunca me lembro o que está e no neck está um PAF pro. Tanto o do neck como o do meio serão para trocar num futuro... a decidir quando... pois, já estás a ver o filme, certo?

Estou a ver.
Conheço esses todos que falas! Tenho aqui isso tudo.

Emparelhar um PAF Pro com um Tone Zone talvez seja um bocadinho... "assimétrico"! Quero eu dizer, o PAF Pro é um bocadinho para o "agudo" e o Tone Zone para o "sem agudos".

 

Olha, uma combinação que adoro, tenho numa RG (meio que "por acaso") é LiquiFire / D-Sonic. Está com pots de 500kOhm, mas é das minhas combinações preferidas!
O voicing do LiquiFire é qualquer coisa de fantástico! (Podes ouvir no álbum "Black Clouds and Silver Linings" dos DT - é exactamente isso!). O D-Sonic é equilibrado, sem exagero de agudos nem de output.

há 9 horas, tmo disse:

... E foram acrescentados mais 3 exemplos, o J, o K e o L como sugeridos noutros lados. Vou ver esse que sugeriste @pgranadas...

 

S2120X_AV_b.jpg

 

A, J, K ou L.
Mas com a switch tip preta (senão destoa com o plástico preto que segura o switch dos modelos S).

Eu talvez fosse com o A, uma vez que é a estética original do modelo. Embora o K também tenha ficado muito bom.

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    2702

@gilly Para 7 cordas, o AirNorton e o D-Sonic são uma combinação bem fixe, mais que firmada nos anais das guitarradas heavy. Aqui em casa andaram por guitarras com mogno ou tília no corpo, assim como com locking trem ou ponte fixa e tenho um D-Sonic 7 instalado na fretless. Som muito porreiro e definido, mas eventualmente por serem muito usados um pouco por todo o lado tornaram-se, pelo menos para mim, demasiado genéricos, demasiado Petrucci... e eu queria fugir um pouco a rótulos e associações. Ok, bem sei que a malta devia era guiar-se pelo som e não pelas associações, mas se esse som já está feito (até porque uso o mesmo género de amp desse senhor) e queria algo um pouco diferente, sei lá, um Ferrero Rocher... :) ? Ok, não era bem isto.

Uma coisa que reparei ao combinar os DiMarzio com o Triaxis, foi que para obter sons realmente limpos dos canais/modos LEAD2 (som Mesa Boogie Mark moderno, aka Petrucci), o parâmetro do GAIN não podia passar do nível 3. Com os PUs que o Marco Agostinho me fez, passei a ter o GAIN nos níveis 5 e 6 com timbres ainda claramente limpos. A diferença é que passava a ter mais compressão natural/valvulada do Triaxis nestes níveis, o som é mais in your face (particularmente útil com os coil split), tenho mais headroom, e como ganho não lhe falta no parâmetro DRIVE, o Heavy Metal não está comprometido, nada mesmo. Geralmente fico-me pelos LEAD2 Green e Yellow, mas se precisar de mais ganho, o modo Red ainda tem muito para bombar.

Só por curiosidade, a diferença entre estes 3 modos é que, na sequência Green-Yellow-Red, os modos vão ganhando headroom no parâmetro GAIN (portanto a entrar em overdrive mais tarde) e paralelamente vão igualmente ganhando mais saturação no parâmetro DRIVE (portanto distorcendo mais cedo e em maior quantidade).

E estou a falar na forma como o amp reage também para que se perceba o que procuro nos pickups, pois uns sem os outros são como uma chávena sem pires, é preciso casá-los de acordo com o que se procura em termos de som... e o som Petrucci, apesar de muito bom, não é bem o que procuro...

@marco.agostinho, onde andas? arregaça lá as mangas e retoma a actividade dos picapalhos aqui para a malta curtir!... please...

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
gilly    210

Ei, isso era porreiro!!! Bem que metia uns novos na minha 8str fanfret! @marco.agostinho chamado à caixa central!

 

Quanto ao "JP"... não sei (e estou-me a borrifar). Se soa bem, está correcto.
Aqui está a bicha em questão...

IMG_20170802_143058.jpg

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
deadpoet    1807
On 15/02/2021 at 23:14, tmo disse:

... também andava a pensar nuns cobertos e a testar a coisa a nível de efeito visual... “

 

pode resultar!

a BK tem uns acabamentos semelhantes aos do tremolo da guitarra!

 

cá por casa é BK’s, Duncans e uns Mighty mite! ;)

 

On 15/02/2021 at 23:14, tmo disse:

149261816_2909553092660009_5237855063156

 

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    2702

@deadpoet - queria evitar os BKs por causa do preço. Tive hoje a informação de que o Rui Silva (luthier de Chaves já com nome na praça) se estaria a aventurar no fabrico de pickups, amanhã mando-lhe um toque a perguntar pela coisa...

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Mr. Smith    192

Ainda tenho uns diferentes zebra de uma Peavey EVH Special - no sentido da bridge para o neck :

bridge preto - creme

neck  preto - creme

 

 

el4gbc62barkqcmsjz5q.jpg

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    2702

Alguém tem experiência com os Bare Knuckle Boot Camp? estou indeciso entre os Brute Force e os True Grit, simplesmente porque é possível arranjá-los em Zebra (coil exterior creme) e estão dentro do orçamento. Tanto uns como outros também se encontram dentro do desejado em termos de EQ (portanto relativamente neutra/flat), sendo a diferença o tipo de íman e eventualmente o output também...

Se os encomendar directamente da Bare Knuckle, agora tenho taxas alfandegárias, mas tenho também mais opções com capas se para aí estiver virado.

Na Thomann estas opções não são assim tão lineares, mas talvez dê para encomendar...?

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
gilly    210

Por acaso, estava inclinado para uns Brute Force para a minha S320, mas acabei por ir para os DiMarzio Titan.
Não tenho experiência, mas tenho lido bons reviews sobre eles! Juro que fiquei curioso...

A única experiência que tenho com BKP são os Black Hawk Alnico 7 que tenho na Jaden QM (que veio do @Fred the Shred) e aquilo é simplesmente impressionante de tão bom que é!
Ou seja, são dinâmicos, as notas parece que saltam e têm um tone muito rico por todo o espectro, com overtones que saltam sem, no entanto, soar como um ataque de moscas.
Gosto tanto deles que advogo BKP sem qualquer outro tipo de experiência com eles...

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora