xtech

Ajuda: tutorial para criar uma rádio



Posts Recomendados:

xtech    3380

Boas pessoal, então é o seguinte:

queria escrever um tutorial aqui no FM sobre como criar uma rádio, em termos de saber o material que é preciso (captação, produção, difusão) e licenças (seja no expectro electromagnético público, seja pirata) ou plataformas online caso seja online.

A minha principal questão é a parte do hardware e software "difusão", ou seja, desde a "mesa de som" até ao "ar" (no caso do espectro electromagnético). Conseguem dar dicas aqui? Para outras secções também são bemvindas.

  • Gosto 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    2496

Adorava ajudar-te!
Há "um par" de décadas atrás sabia tudo sobre isso. Agora não sei nada!
Pelo menos dessa parte das licenças e tal.
Mesmo em termos de equipamento, as rádios agora usam computadores portanto, já não percebo nada disso.

Fui radioamador (acho que ainda sou), fiz a tradução para português da legislação da Citizens Band americana, tradução essa que foi aplicada como lei em Portugal, fiz parte de vários "clubes de rádio", "comissões instaladoras", "movimentos pela liberalização de frequências", etc etc. Um activista digamos :ph34r: Montei antenas, trabalhei no estúdio de gravação da TSF, trabalhei na Rádio Renascença (e na RFM, na Voz de Lisboa e na Onda Curta da RR) fiz programas na Rádio Alto Minho, trabalhei numa empresa onde se fabricavam antenas (incluindo parabólicas - era o maior fabricante da península)...
portanto, quando chegares à parte de montar as antenas e escolher o cabo coaxial, conta comigo :yes:
Das rádios actuais, não percebo nada!

Mas sabes que podes fazer uma emissora em Onda Média e usar o neutro da tomada em tua casa, como antena? Pois é!
Toda a gente que te sintonizar com uma telefonia ligada à tomada, apanha um "sinalão" :P

  • Gosto 4

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
xtech    3380
há 10 minutos, resolectric disse:

trabalhei numa empresa onde se fabricavam antenas (incluindo parabólicas - era o maior fabricante da península)...

Televés?

há 11 minutos, resolectric disse:

Mas sabes que podes fazer uma emissora em Onda Média e usar o neutro da tomada em tua casa, como antena? Pois é!
Toda a gente que te sintonizar com uma telefonia ligada à tomada, apanha um "sinalão" :P

Acredito que sim!

Mas numa rádio antiga (tradicional), qual é a sequência de aparelhos desde a mesa de som até à antena? Imagino que tenhas que ter uma antena também... mas e antes disso?

há 12 minutos, resolectric disse:

Fui radioamador (acho que ainda sou), fiz a tradução para português da legislação da Citizens Band americana, tradução essa que foi aplicada como lei em Portugal, fiz parte de vários "clubes de rádio", "comissões instaladoras", "movimentos pela liberalização de frequências", etc etc. Um activista digamos :ph34r:

Muito bom! Isso significa que tens uma antena no telhado a emitir em frequência pirata? :D 

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    2496
há 35 minutos, xtech disse:

Televés?

...

Não!
Essa era a concorrente! Chegaram a comprar-nos pratos de parabólicas pois nós tinhamos maquinaria para fazer pratos com 2,80m.
A marca era Studio, com umas letras cor de laranja, daquelas tipo "LED".
Muitas eram vendidas para revenda, sem qualquer marca. Chegámos a instalar parabólicas em Marrocos! :P
Claro que foram instaladas mais longe mas com a própria marca, instaladas por nós, fomos até aí.
O "patrão" comprou uma fábrica inteira de barcos de fibra de vidro, modificou as máquinas e começou a fazer pratos de antenas.
Vendiamos e instalávamos som profissional, Hi-Fi, TV, etc. Uma empresa enorme!
E tinhamos um canal de TV pirata, no alto do monte :D
Há muitas histórias dessa empresa, a maior parte não posso contar aqui.
Foi o melhor emprego que tive. Absolutamente surreal!

Estás a ver "Os Sopranos" ou a série "Fariña"?
Era desse género.

 

há 35 minutos, xtech disse:

...
Mas numa rádio antiga (tradicional), qual é a sequência de aparelhos desde a mesa de som até à antena? Imagino que tenhas que ter uma antena também... mas e antes disso?
...

1. Fonte sonora: gira-discos, leitores de CD, computador, microfones...
2. Mesa de mistura de preferência com ligação directa para linha telefónica.
3. Emissor de "feixe", numa frequência altíssima para emitires do estúdio para o receptor/emissor onde está a antena.
4. Receptor de feixe e emissor FM (se for uma estção FM) montada num sítio alto e sem obstáculos.
5. Antena omnidireccional numa torre protegida para não te roubarem a antena. Antena direccional se quiseres cobrir só uma região, numa determinada direcção.

No ponto 1 convém salientar que uma cabine extra é sempre essencial quando a emissão é de 24h/dia. Servirá para gravações de publicidade, programas, entrevistas com o pessoal que não pode estar na rádio à hora do programa, etc.
Se a emissão não for contínua, não é necessária a segunda cabine.

No ponto 2 é preciso não esquecer que devem existir microfones e auscultadores para convidados, se for uma rádio com "talk shows" ou entrevistas.

No ponto 3 podes abdicar do emissor de feixe se o emissor de "FM" estiver no local onde tens o estúdio. Se a rádio for "pirata", não é aconselhável pois quando fores apanhado, corres menos riscos de ficar sem nada. Ou te apreendem a antena e emissor de FM no tal sítio alto ou te apreendem o estúdio, no sítio onde tens o feixe hertziano.
Também podes emitir a partir do carro e ter uma estação FM móvel, com programas gravados.

No ponto 4, não há apontamentos especiais. Para qualquer emissão de rádio, quanto mais "desafogada" estiver a antena, maior o alcance e melhor a qualidade do sinal.

No ponto 5, caso instales a antena numa encosta, escusas de montar uma antena omnidireccional pois a encosta vai cortar a emissão para esse lado. Montas uma direccional e usas o "apoio" da encosta como reflector, que deverá tornar o sinal da tua emissão ainda mais forte.

 

há 35 minutos, xtech disse:

...

Muito bom! Isso significa que tens uma antena no telhado a emitir em frequência pirata? :D 

The Radio Shack! :D

DSC_0002.JPG

  • Gosto 1
  • Amo 1
  • Obrigado 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    2496

Aqui tens duas fotos de antenas de uma estação de FM local, de baixa potência.
Esta estação emite com 25W de potência e tem a antena de recepção do feixe (em inglês: STL, Studio Transmitter Link) montada no mesmo mastro.
As antenas estão num armazém industrial e o estúdio da rádio está noutro local; daí a existência da antena de STL.

Nesta primeira foto vês a antena horizontal em baixo, pouco acima daquela parte escura, e que é a antena de recepção do sinal do estúdio (o tal feixe hertziano/STL). A antena vertical, em cima, é a antena de emissão FM. A antena da rádio propriamente dita.
Só sendo vertical é que é omnidireccional!

606de9fd0b35e_antena01.jpg.fbcb719061ea22c374190350350b32ea.jpg

 

Esta segunda foto permite-te ver mais detalhadamente a antena de emissão, a vertical.

606dea1db8ee5_antena02.jpg.1a3f6cd19f7574c5f13876e9182424b6.jpg

 

Esta terceira foto também é de uma antena de recepção de feixe hertziano de uma estação de rádio.
Isto significa que nesse local existe um receptor de feixe (STL) e um emissor de FM.
A antena de emissão não deve estar muito longe desse sítio e estará certamente no mesmo edifício, talvez no alto de uma torre.

606deb256bc4d_antena03.jpg.c77394f333c2bf966952ceed43ed964d.jpg

 

  • Obrigado 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
xtech    3380

@resolectric muito obrigado, já vou ter aqui muita coisa para investigar e para me entreter!

Já agora, 25 watts é bastante, a meu ver, basta lembrar que as antenas dos nossos telemóveis têm entre 0.5 a 3watts e permitem contactar com as antenas que podem estar a vários km de distância. Imagino que 25w dê aí para um raio de 30km (sem obstáculos)... Qual a cobertura dessa rádio?

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    2496

Atenção que as comunicações de telemóvel só são eficazes por causa dos repetidores!
As antenas no alto dos prédios, nos montes, em torres, etc.
As frequências de telemóvel são muito altas (na ordem dos GHz) e qualquer parede ou árvore é um obstáculo que desvia, reflete ou absorve sinal.

Com 3 Watts em FM, na banda de broadcast, se tiveres uma antena instalada num prédio alto, deves conseguir cobrir um bairro de Lisboa (p.ex.)
São muitos obstáculos, muitas ruas profundas, muita interferência.
Com 25W talvez consigas cobrir 3 ou 4 vezes mais ou, pelo menos, com um sinal áudio mais claro.

A cobertura tem mais a ver com as características da zona a cobrir e com a localização da antena do que com a potência.
Se puseres um emissor de 3KW no meio da Serra de Aire, com a antena entalada num vale, tens menos cobertura do que com 1 Watt, com a antena lá no alto.

Não sei em que zona pensas colocar a antena mas é um cálculo mais importante do que a planificação para o estúdio da rádio.
Vê se há algum quartel de bombeiros na tua zona em que possas "negociar" o aluguer de um espaço na torre para colocares 2 antenas, ou numa zona industrial, alguma empresa de transportes que use torres de comunicações em VHF para falar, por exemplo, com os táxis ou com os camiões e que te queiram alugar/emprestar um pedaço de torre. Às vezes com troca por publicidade... ;)

Procura no alto dos montes da tua zona, vê que torres existem mas tem cuidado para não pedires "emprestado" um espaço de torre aos CTT! :D

Também podes negociar com o condomínio de algum prédio alto na tua zona. Dizes que é uma antena de radioamador.
Pedes uma licença de CB, é serviço de utilidade pública e não te podem recusar a colocação da antena no prédio onde tens a estação "de CB". Em locais que não sejam os da localização da tua estação "de radioamador", já tens de negociar (ou pedir) como é óbvio.
Ninguém pode ir aos prédios dos vizinhos montar antenas sem autorização! :D

Se montares a antena no sítio onde for o estúdio, não tens de te preocupar com isso.
 

Há aqui uma série de informações que têm muitas variáveis pois há uma diferença gigante entre ter uma estação de broadcast legal ou pirata e há uma diferença substancial entre essas e uma licença para radioamadorismo mas de qualquer forma, qualquer que seja a iniciativa que tomes em termos de radiodifusão privada, pedia primeiro uma licença de CB e comprava pelo menos um walkie talkie de 27MHz. Pelo menos!

Assim, quando estiveres a fazer a tua broadcast pirata a partir do carro, no alto do monte e aparecer a GNR... mostras o Walkie Talke e a licença! :D

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora