A

Dream Theater - Genialidade ou nem por isso?

260 posts neste tópico

há 1 hora, pgranadas disse:

Sem duvida, mas torna-se cansativo.

Aprecio muito mais ouvir o solo do Brother in Arms, que é algo simples, que uma música de DT. São bons tecnicamente, muita velocidade, mas 'no soul'.

Que solo é esse, o dos Dire Straits?

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
há 12 minutos, pgranadas disse:

Sim

Bem, é dos meus solos preferidos. É complicado comparar, mas o MK é o meu guitarrista preferido. Sei que tecnicamente, para além de ter um estilo muito próprio, não tem a "escola" dos guitarristas virtuosos atuais. No entanto transmite uma sonoridade fora do comum.  

De qualquer forma, gosto bastante também de ouvir Dream Theatre, mais pela sua técnica.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Para mim o ponto é, o MK, consegue ao longo da música fazer menos notas, ao longo de toda a música, que qualquer um dos membros de DT em 4 compassos. No entanto o solo do MK fica na mente e coração de quem o ouve. Os solos de DT, passam ao esquecimento logo imediatamente. Aquilo é bem executado, tem muito virtuosismo, mas não marca. 

É tipo McDonalds, alimenta, mas tem calorias a mais e nada de qualidade.


Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Sou daqueles que já dedicou umas horitas ao solo do Brother in Arms, e por muito que tente não consigo chegar ao "sentimento" com que o MK toca o raio do solo.  


Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
há 8 minutos, Jarre disse:

Sou daqueles que já dedicou umas horitas ao solo do Brother in Arms, e por muito que tente não consigo chegar ao "sentimento" com que o MK toca o raio do solo.  

Mais um como tu LOL:yes:


Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
há 1 hora, Jarre disse:

Sou daqueles que já dedicou umas horitas ao solo do Brother in Arms, e por muito que tente não consigo chegar ao "sentimento" com que o MK toca o raio do solo.  

Lá está...se calhar é mais 'fácil' (isto muito hipoteticamente, é claro) sacar-se um solo de DT, e o imitar, porque aquilo é basicamente técnica e velocidade, que se adquire com muuuuuita hora de treino, do que uma coisa 'simples', como o caso do tio Mark, que é muito soft e lento, mas com um feeling em cada nota que é impossível de simular. Ou se sente o solo, ou aquilo soa sempre mal.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

 

No canal desse jovem há mais vídeos, nomeadamente do 2º CD do Six Degress, mas a qualidade, infelizmente, é horrorosa.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
On 17/12/2016 at 19:30, pgranadas disse:

Para mim o ponto é, o MK, consegue ao longo da música fazer menos notas, ao longo de toda a música, que qualquer um dos membros de DT em 4 compassos. No entanto o solo do MK fica na mente e coração de quem o ouve. Os solos de DT, passam ao esquecimento logo imediatamente. Aquilo é bem executado, tem muito virtuosismo, mas não marca. 

É tipo McDonalds, alimenta, mas tem calorias a mais e nada de qualidade.

andas a ouvir o DT errado, ouve isto:

 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!


Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!


Entrar agora