C

Termos Usados!

67 posts neste tópico

Para quem quiser aprofundar um pouco, isto valeu-me um 18 na universidade, ainda que aplicado mais do ponto de vista da física!

Descupem se um pouco Off-Topic...

O som pode definir-se como um fenómeno vibratório que, a partir de uma perturbação inicial do meio elástico onde se produz, se propaga em forma de uma variação periódica de pressão.

Quando um corpo vibra, produz uma perturbação mecânica num meio elástico que se propaga ao longo deste. As partículas, submetidas à vibração, não se deslocam mas oscilam a uma distância muito pequena em torno da sua posição de equilíbrio. A energia sonora avança com a perturbação, podendo alcançar grandes distâncias. O movimento das partículas é um movimento harmónico simples, associado a uma gráfica sinusoidal.

Quando as partículas do ar se empurram entre si, provocam uma compressão do meio fluído. Quando voltam à sua posição de equilíbrio, produz-se uma depressão ou rarificação.

Frente de onda ou simplesmente onda é a superfície esférica envolvente das partículas que começaram a vibrar no mesmo instante e se encontram na mesma fase ou estado de vibração. Toda a vibração será um intercâmbio contínuo de energia potencial e cinética, devido ao qual, para que uma partícula possa oscilar, necessita de ser capaz de armazenar energia potencial (como a força de uma mola), e possuir certa massa ou inércia que lhe permita adquirir energia cinética. A forma mais habitual de representar graficamente o som é o oscilograma, um diagrama que indica a evolução no tempo da pressão sonora e permite determinar a frequência.

O Período (T) é o tempo que se demora a realizar um ciclo completo. Mede-se em segundos (s).

A Frequência (f) é o numero de ciclos que uma partícula submetida a um movimento ondulatório realiza, por segundo. Dá ideia da rapidez com que se produzem as oscilações ou variações de pressão. É inversa do Período (como se pode verificar na expressão 2.1) e mede-se em ciclos por segundo (s-1) ou Hertz (Hz).

Cada frequência de um som produz um tom distinto. A banda de frequências audíveis divide-se em três regiões: tons graves (125 Hz a 250 Hz), tons médios (500 Hz a 1 KHz) e tons agudos (2 KHz a 4 KHz).

A frequência, principalmente, mas também a intensidade e a forma da onda sonora, em menor escala, determinam o tom. Para dois sons com a mesma frequência, o tom mais alto possui o som mais débil.

A Amplitude de Onda indica a magnitude das variações de pressão. Se a amplitude é elevada, o som será forte, se for reduzida o som será débil.

O Comprimento de Onda é a distância entre dois pontos consecutivos do campo sonoro que se encontram no mesmo estado de vibração ou também a distância que percorre uma onda sonora no tempo de um período. Mede-se em metros (m).

O comprimento de onda e o período são directamente proporcionais.

A frequência e o comprimento de onda são inversamente proporcionais, ou seja, um som a baixa frequência terá um comprimento de onda elevado enquanto que um som agudo (a alta frequência) terá um comprimento de onda menor.

A Velocidade de Propagação do Som © é a velocidade com que se propagam as ondas sonoras. Mede-se em metros por segundo (m/s).

A velocidade do som depende das condições ambientais (pressão e temperatura) e, principalmente do meio onde se propaga. A título de exemplo, para o ar considera-se uma velocidade específica de 340 m/s, para a água 1460 m/s, para o aço 5000 m/s e para o vidro 5000 a 6000 m/s.

Impedância é a resistência que o meio apresenta a mover-se quando se excita mediante uma vibração. Cada meio oferece uma facilidade maior ou menor para a propagação do som.

Tipos de Sons

Os sons puros correspondem a uma só frequência, o que leva a que, na prática, a maioria dos sons se apresentem mais complexos e resultem da sobreposição de múltiplas frequências.

O espectro sonoro é a representação gráfica de um som que inclui dados sobre as frequências que contêm e seus respectivos níveis de pressão sonora. Para analisar o som é usual dividir em bandas de frequência que, normalmente têm a dimensão de uma oitava ou de um terço de oitava. Uma oitava é uma banda de frequência em que a frequência limite superior é o dobro da frequência limite inferior. Cada banda de oitava é representada pela sua frequência média. A banda de oitava de 500 Hz tem como frequência média os 500 Hz, a de 1000 Hz tem como frequência média os 1000 Hz, etc.

Um som puro é um tom puro ou de uma só frequência. Associa-se a um oscilograma sinusoidal.

Um som harmónico é composto por uma frequência fundamental – aquela cuja pressão acústica, face às restantes, é máxima – e harmónicos – frequências múltiplas da frequência fundamental.

Um som não harmónico ou aleatório é aquele no qual existe grande quantidade de frequências muito próximas entre si (som das ondas do mar).

Em geral, os sons que captamos são complexos, ou seja, resultam da soma de várias ondas sobrepostas.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Grandes confusões!

Loud, bom post!

Agora só pra fechar umas questões.

- Quando captadas pelo ouvido humano, diferentes frequências de onda têm diferentes tonalidades. Ou seja diferem em ALTURA!!!

- Altura têm a ver com tonalidade. Para se ouvir mais o instrumento toca-se com mais INTENSIDADE. (quem disser que também se pode aumentar o amplificador leva um carolo!)

- A relação entre a nota mais grave e a nota mais aguda produzidas por um instrumento traduz-se pela TESSITURA

- A relação entre a nota com mais intensidade e a nota com menos intensidade traduz-se pela DINÂMICA

- Cada fonte sonora, dependendo de todos os factores que a rodeiam e interagem com ela, para além da frequencia pura, produz harmónicos que são ondas adjacentes à onda pura. A soma de todos estes harmónicos chama-se TIMBRE. Por exemplo: uma guitarra e um piano a tocarem a mesma nota - a onda pura é aquela que nos dá a precepção de altura que, neste caso, é a mesma nos dois instrumentos. O Timbre é o que nos permite distinguir os dois instrumentos pelo som produzido, sem termos de olhar para eles.

Não se esqueçam de uma coisa:

O som é um fenómeno físico que interage com o nosso aparelho auditivo. As propriedades físicas do som são uma coisa, e o que nós ouvimos é outra. A Psico-Acústica estuda o fenómeno da precepção auditiva.

Se isto ajudar alguém eu fico contente!

Um abraço,

Pedro Ricardo

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Ainda n consegui perceber o que é realmente Tissitura se alguem puder esclarecer mm for real ... agradecia :P

Nice post by the way. :lol:

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Ainda n consegui perceber o que é realmente Tissitura se alguem puder esclarecer mm for real ... agradecia :P

Nice post by the way. :lol:

A tessitura como foi dito acima é a "relação entre a nota mais grave a nota mais aguda de um instrumento", ou seja é o range de determinado instrumento ou voz num determinado contexto

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

thanks bud.

Para além do pessoal ter esclarecido antes, eu fikei um bocado ah nora por alguns dizerem cenas diferente em relação ah mesma coisa.

Mais uma vez thanks.

Hugs

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Se isto ajudar alguém eu fico contente!

Um abraço,

Pedro Ricardo

Claro que ajudou!

Bom complemento!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Ressonância -

isto tá muito mal explicado mas pronto.

Ressonância tem a ver com a existência de certas frequências que acusticamente excitam o sistema de forma acentuada.

A definição está perfeita. Ressonancia é mesmo o fenómeno pelo qual um corpo vibra quando excitado por uma vibração produzida por outro.

Aquilo que acrescentas tem a ver com o facto de cada corpo ter uma frequencia de ressonancia específica, o que significa que o corpo vibra naturalmente a essa frequencia, razão pela qual quando estimulado por uma vibração externa nessa frequencia, a sua propria vibração é muito mais intensa que se fosse excitado por qualquer outra frequencia diferente.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!


Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!


Entrar agora