Arquivado

Este tópico está arquivado por ser já antigo. Para falar sobre o mesmo assunto, por favor cria um novo tópico.

mario

composição



Posts Recomendados:

mario    0

já aqui ouvi falar algumas vezes de composição, na verdade alguem me pode explicar o que é isso , ou seja como é que isso se estuda, a livros ou alguma coisa. se alguem tiver algum ouquiser aconselhar por favor diga. obrigado

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Perlux    0

Se quiseres falar de composição como se ensina no conservatório/escola superior de musica, posso dar-te umas dicas. Básicamente estuda-se as técnicas de composição desdo o canto gregoriano até à actualidade.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
mario    0

Olha até gostava que me desses umas dicas é que eu nuca frequentei nada disso apenas tive um professor cerca de três anos mas ele nunca me falou nisso, eu soube agora que isso tinha umas regras e umas coisas assim, se me pudesses dar uma odeia por onde começar agradecia.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1638

Boas!

Bom, de composição musical sei pouco... algumas escalas e como utilizá-las, mas pouco mais.

No entanto creio poder esclarecer algumas coisas:

Composição é o que une todos os elementos melódicos de um tema (no caso da música) dos diversos instrumentos.

2º não existe uma fórmula suprema para compôr, mas sim tantas quanto músicos, ou talvez mais.

3º (derivado do 2º) não existe nenhuma regra especial de corrida para compôr um tema musical para além do GOSTO do autor.

4º (derivado do 2º) se quizeres compôr dentro de um AMBIENTE específico, aí sim, deves aprender os fundamentos desse ambiente (jazz, rock, soul, funk), os recursos teóricos e estilísticos para que, quando fores compôr, não estejas descontextualizado desse ambiente.

5º (derivado do 2º, mais um) o mais gratificante é criar um ambiente pessoal, teu, meu, dele, etc. Para isso convém ter alguns conhecimentos do que se passa à nossa volta, aquilo que os outros fazem, os ambientes deles e as respectivas bases/escolas, ou seja, aprender um pouco com todos... de ouvido ou pessoalmente.

O mais importante disto tudo é que te divirtas, independentemente de estares a seguir à regra determinada fórmula ou não. Estas são APENAS pontos de referência para o pessoal menos louco não se perder. Diverte-te com a música e procura o prazer de tocar dentro ou fora dos ambientes do sistema! (eh pá, isto parece um manifesto político...)

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Perlux    0

O que eu aqui estava a falar é que existem técnicas de composição que foram evoluindo ao longo dos anos.... na época do canto gregoriano, não se podiam fazer intervalos superiores a 3º menores e se os fizesses tinhas de compensar com um intervalo de segunda no sentido oposto.

É claro que isto pode parecer tudo muito chato, mas o que é facto é qua analisando todas estas técnicas desde essa época até hoje, podemos aprender muito incluindo o que disseste criar os próprios ambientes. O facto está em pensar em querer fazer uma coisa e saber como é que se há-de fazer de imediato.

Por exemplo o barroco é tão famoso, e Bach foi o "extremo" a perfeição no que diz respeito à composição no barroco, pois é verdade e tudo o que ele compos é muito bom, mas algum de voces sabiam que naquela época era proibido fazer 5ªs e 8ªs paralelas? Isto é entre as 4 vozes (soprano, contralto, tenos e baixo) não era permitido por exemplo o soprano e o baiso movimentarem-se numa distancia de uma 5 ou 8va....

Isto não é tão simples como parece.... há muita tralha pelo meio, e no que diz respeito à musica contemporânea há muita matemática incluida, matemática até demais, ao ponto de se poderem fazer tabelas no excel para arranjar as restantes séries dódecafónicas a partir de uma de base...., isto falando já no dodecafonismo, sec XX....

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
mario    0

Obrigado pelos esclarecimentos

Eu Gostava de saber se havia por exemplo algum site, de preferencia em portugues onde pudesse saber mais um pouco sobre isso.

È que eu tenho um som ideal na minha cabeça mas não o consuigo por cá fora de modo muito coerente, isto é não consigo fazer uma musica toda com esse ambiente que eu quero criar, a verdade é que tambem ainda não o vi em nenhuma banda embora uma banda que já acabou e era da lousã fizesse um som muito proximo, eram os vonavemor.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1638

Ter o som ideal na mioleira já é meio caminho andado para alcançar o nirvana!!! :P

Bom, drunfos à parte, podes descrever esse som?, mesmo de uma forma pouco coerente, é que a nossa ajuda depende disso... e que queres dizer com

não consigo fazer uma musica toda com esse ambiente que eu quero criar

Caso ainda não te tenhas apercebido, a música só está completa com a audiência, ou seja o receptor!!

Sabes que podes mudar de ambiente a meio da música ou inacabá-la?? Não és preso por isso, as leis que o Perlux referiu existirem no passado já caducaram!!!

Um bom conselho é seguires o teu ouvido interior! Claro que requer alguma prática, mas com o tempo vais lá. Outro conselho fundamental é: EXPERIMENTA coisas, pois o tempo que aí aplicares nunca é perdido, mesmo que os resultados não sejam os melhores!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Perlux    0

Não és preso por isso, as leis que o Perlux referiu existirem no passado já caducaram!!!

Desculpa mas aí é que te enganas, ainda há muita gente a utilizar essas técnicas, e mais gente do que imaginas.

Acredita que sabendo estas regras, melhorei em muito o meu próprio método de composição.

De qualquer modo eu não disse que era obrigatório seguir aquelas regras, de entre elas poderá estar uma solução, se não estiver é fazer como eu muitas vezes faço, inventar as minhas próprias regras e seguir o meu instinto.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1638

Perlux, não me leves a mal...

Eu não disse que as regras de composição estavam caducadas, mas antes as leis que proíbem de usar outras... tipo

.... na época do canto gregoriano, não se podiam fazer intervalos superiores a 3º menores e se os fizesses tinhas de compensar com um intervalo de segunda no sentido oposto.

ou

naquela época era proibido fazer 5ªs e 8ªs paralelas? Isto é entre as 4 vozes (soprano, contralto, tenos e baixo) não era permitido por exemplo o soprano e o baiso movimentarem-se numa distancia de uma 5 ou 8va....  

Eu estava a referir-me a estas proibições, e não às regras de composição!, até porque, como referi atrás, se se quizer entrar em determinado ambiente convém conhecer as respectivas limitações/regas de composição. E SIM, é conhecendo outras coisas que aprofundamos a nossa individualidade, isto é, é conhecendo outros métodos, fórmulas de construção musical que evoluimos interiormente.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais