Arquivado

Este tópico está arquivado por ser já antigo. Para falar sobre o mesmo assunto, por favor cria um novo tópico.

mario

o futuro da musica



Posts Recomendados:

mario    0

Oquei perlux, peço desculpa, mas foi o que me pareceu.

O que eu queria realmente saber quando, e que se debatesse aqui quandi fiz este topico era para onde é que a nossa musica vai evoluir, o que é que vai surgir de novo, o sabio JCM :D disse que isto ja se viveu varias vezes na história da arte, agora o que eu gostava de tentar descobrir com voces é para onde é que isto vai agora, alguem tem sugestões

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
ArchDemon    0

...e não, nem todos os estilos estão explorados... considero-me um exemplo vivo disso, a musica que faço não tem paralelismos com o que oiço, talvez pelos métodos que utilize... se eu faço um som tão diferente, muitos mais "músicos" por esse mundo fora devem tembém ter muito de vanguardista... não acho q explorar instrumentos seja a solução para o desenvolvimento de música, não dou grande valor ao instrumento mas sim à peça musical em si... e como disse o guitaraddicted, querem explorar sons, comprem um sintetizador porra! e larguem os contentores do lixo! :D

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1683

Bem bem bem... se falam em arte, deixem-me contar umas ideias minhas...

Cada novo GOSTO que se desenvolve desperta no criador (seja músico, pintor ou outro qualquer) uma vontade de o aprofundar. Para tal este recorre à exploração técnica para a pesquisa, descobrindo novos mundos, que dão origem a becos ou a portas para novos gostos e por aí fora.

1 gosto novo => 1 nova técnica => 1 novo gosto e por aí.

Por outro lado, cada técnica descoberta, (re)criada exige uma constante actualização do instrumento de trabalho, e consequentemente das suas respectivas qualidades. Só isto possibilita uma infinidade de caminhos e orientações à disposição do autor, que duvido que tenha tempo de vida suficiente para as explorar profundamente.

Iria Leo Fender imaginar uma guitarra eléctrica semelhante a naves espaciais e com som de harpas? No entanto ele foi o principal responsável pela grande maioria dos posts aqui colocados, no sentido de ter sido o GRANDE impulsionador da música acessível a todos aqueles que sem grandes aspirações quizessem tocar... a guitarra telecaster foi e é, não só uma grande invenção, mas também um tratado de economia! apesar de já ter mais do dobro da idade de muitos de nós daqui e ainda continuar a ser comercializada e a ser utilizada de formas inovadoras e com resultados completamente diferentes dos inicialmente previstos. Se um instrumento de trabalho sobrevive assim, também os trabalhos por ele realizados perdurarão.

Pergunto-vos qual é a idade do martelo, simples e banal martelo que já construiu centros comerciais e naves espaciais?... parece que remonta à idade do ferro... qual é então a duração de um gosto ou de um "estilo" musical??? e qual é então o interesse em saber o futuro, visto que já se sabe? A história repete-se e o futuro está no passado, apenas com um "como" actualizado...

Desculpem o delírio... devo ter-me perdido algures pelo meio... :D

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Carter    1

Ola malta,

Eu ja uma vez fiz aqui este comentario...

Para onde vai a musica, na minha opiniao o JCM disse uma coisa que é o cerne da questao , que é a criatividade!

Se nao reparem nisto, que me adianta a mim como musico que se invente um instrumento musical novo ou se transforme um ja existente ou ainda que um sintetizador ou workstation tenha mais 2000 sons novos , se eu nao conseguir fazer algo novo com aquilo??

Eu comparo isto um pouco com o cinema, eu como amante dessa arte digo sempre que quase tudo ja foi feito/contado no cinema, o que marca agora a diferença e a maneira de o contar! Claro que ha excepçoes e de vez em quando la sai um filme com um argumento nunca visto (Senhor dos Aneis,Fala com Ela, etc).

Na musica eu sinceramente tbm acho que ja quase tudo esta inventado mas nos temos é que encontrar novas formas de as interpretar.

Vejam um bom exemplo, os Mettalica (que eu ate nem sou grande fa) aqule disco que fizeram com orquestra eu tirei-lhes o chapeu, muito embora nao fosse virgem a ideia pois por exemplo os Depp Purple ja o tinham feito,mas na cena actual foram uns tipos que tentaram pelo menos fazer uma aproximaçao diferente do estilo que eles teem.

Eu estou sempre a dizer isto, façam musica ...pela musica e mais nada!

Deixem essas tangas de os guitarristas sao + importantes ou entao o baixo ou o baterista!

Mozart e concerteza outros genios da musica quando escreviam as suas obras primas tinham uma regra base, que era atribuir em cada andamento um grau de importancia a cada instrum ou seccao da orquestra, e nunca ninguem viu alguem dizer o clarinetista era mais importante do que tubista?!na musica todos os instrument teem a sua importancia e relevancia e teem que trabalhar em conjunto.

So assim faz sentido...só assim!

A musica é uma arte mas na minha modesta opiniao é uma arte de colectivo,excepçao feita claro a musica classica em que como é obvio estao escritos recitais para um só instrumento(vilono,piano,etc).

O expoente massimo para mim disso mesmo é o Jazz pois é aquela vertente da musica em que num espetaculo todos os musicos sao importantes e teem os seus momentos a solo...que o digam os baixista nao é?

Um grande abraço para todos e...ouçam de tudo, de tudo e só depois critiquem, assim é mais justo!

Fiquem bem

Carter

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1683

Ok, vamos todos pesquizar!

:D sorry, já foi corrigido...

Carter... é têm e não teem... :lol:

... E eu não acho que o jazz seja o expoente máximo disso que estás a falar... há outros tipos de música que valorizam muito mais os respectivos instrumentistas. Aquilo a que eu me referia era à atitude com que se aborda a música, isso sim, é o que vai marcar a diferença.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Carter    1

Como dizes e bem, nao é o unico mas na minha opiniao é aquele que mais valoriza,mas por curiosidade, que estilo ou estilos achas que suplantam o jazz, e como é obvio estou a referir-me a este capitulo e só!

Um abraço

Fica bem

Carter

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Carter    1

Ja agora e só por curiosidade,

De onde vem esta "tanga" de corrigir os textos?

Estou a falar a serio,es professor de portugues e faz-te afliçao ou é mesmo hobbie?

Eu explico-te pq dou erros, e que por exemplo nos temas aqui postos que para mim sao tao intensos eu começo a escrever tao rapido com tanta "emoçao" que provavelmente ainda vais ter muito que corrigir...lol

Mas tu é que sabes,

Fica bem

Um abraço

Carter

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais