GANHA 1 pedal Digitech TRIO Band Creator aqui no Forumusica! Consulta aqui o regulamento!

Arquivado

Este tópico está arquivado por ser já antigo. Para falar sobre o mesmo assunto, por favor cria um novo tópico.

Jorg3

Livro ou Site com prints para INICIAÇÃO em teclas



Posts Recomendados:

Jorg3    0

Comprei um teclado yamaha psr 413 para começar a aprender teclas.

Para já queria um livro ou outro material (se houver na net para imprimir) qq que me indicasse o básico como todos os acordes.

Algo para um beginner mesmo.

Que aconselham ? Qual o melhor? Simples, Directo e com o básico ?

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
PCanas    738

Tive a ver essa thread e saquei o ficheiro; li assim muito por alto e reparei lá numa pequena gafe: o acorde de F# é F# A# C# e não F# Bb C# como lá está escrito; não sei se foste tu que fizeste o ficheiro ou não, mas fica aqui a notificação; de qualquer forma, está muito bom para quem se anda mesmo a iniciar nas teclas.

Abraços!!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
telegod    0

Tive a ver essa thread e saquei o ficheiro; li assim muito por alto e reparei lá numa pequena gafe: o acorde de F# é F# A# C# e não F# Bb C# como lá está escrito; não sei se foste tu que fizeste o ficheiro ou não, mas fica aqui a notificação; de qualquer forma, está muito bom para quem se anda mesmo a iniciar nas teclas.

Abraços!!

nao fui eu que fiz... achei num site brasileiro e como era básico pra mim nem me dei ao trabalho de ler tudo... guardei porque achei que dá mt jeito a quem está a começar e podia dar-me jeito para uma aula ou outra ou quando alguem pede umas dicas... mas obrigado pelo reparo... fica para quem venha a seguir. :P

aproveito para dizer que a malta por vezes nao quer ter teoria ou formaçao musical no inicio qd estao a aprender mas esquece-se que é muito importante... e que mais tarde ou mais cedo vao sentir falta e parar de evoluir... é muito giro e deveras importante saber tocar de ouvido e "descobrir umas malhas", mas também é bom saber o que está por detrás de tudo... como neste caso chamar A# e nao Bb.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
brunojpinho    0

Tive a ver essa thread e saquei o ficheiro; li assim muito por alto e reparei lá numa pequena gafe: o acorde de F# é F# A# C# e não F# Bb C# como lá está escrito; não sei se foste tu que fizeste o ficheiro ou não, mas fica aqui a notificação; de qualquer forma, está muito bom para quem se anda mesmo a iniciar nas teclas.

Abraços!!

Quero aqui salientar uma grande gafe cometida mesmo muito frequentemente pelas pessoas. Tanto como o sustenido (#) como o bemol (b) são acidentes que alteram a nota em simplesmente meio tom (não devo tar a dizer nada de novo até aqui, mas continuando). O sustenido aumenta meio tom enquanto o bemol diminui meio tom, por isso o A# (neste caso Lá# em portugues) é igual ao Bb (Si b)

Exemplo:

Lá--->(+ 1/2 Tom)--->Lá#--->(+ 1/2 Tom)--->Si (Utilização do Sustenido)

Si--->(+ 1/2 Tom)--->Si b--->(+ 1/2 Tom)--->Si (Utilização do Bemol)

Também existem várias, mas mesmo muitas pautas que mostram por exemplo um Fá bemol ou até Dó bemol, tal como Mi sustenido ou Si sustenido.

Pois para quem conhece a escala sabe que entre o Mi e o Fá, ou entre o Si e o Dó só existe meio tom de diferença, logo por consequência o Fá bemol não deveria existir. Pois na realidade ele existe sim e é mais conhecido como Mi (diminuição de meio tom). Logo:

Mi#=Fá

Fá b=Mi

Si#=Dó

Dó b=Si

Por isso fica aqui isto. Não intrepretem os Acidentes como Notas, eles são diferentes. As notas são sons "fixos" (podem não ser ms isto já é muito mais a frente =p) e os acidentes representam a variação que se quer causar nessa nota o que faz com que essa nota possa ter vários nomes.

Espero ter esclarecido algumas pessoas que não conheciam esta pequena mas importante noção =)

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
PCanas    738

(...)

Quero aqui salientar uma grande gafe cometida mesmo muito frequentemente pelas pessoas. Tanto como o sustenido (#) como o bemol (b) são acidentes que alteram a nota em simplesmente meio tom (não devo tar a dizer nada de novo até aqui, mas continuando). O sustenido aumenta meio tom enquanto o bemol diminui meio tom, por isso o A# (neste caso Lá# em portugues) é igual ao Bb (Si b)

Exemplo:

Lá--->(+ 1/2 Tom)--->Lá#--->(+ 1/2 Tom)--->Si (Utilização do Sustenido)

Si--->(+ 1/2 Tom)--->Si b--->(+ 1/2 Tom)--->Si (Utilização do Bemol)

Também existem várias, mas mesmo muitas pautas que mostram por exemplo um Fá bemol ou até Dó bemol, tal como Mi sustenido ou Si sustenido.

Pois para quem conhece a escala sabe que entre o Mi e o Fá, ou entre o Si e o Dó só existe meio tom de diferença, logo por consequência o Fá bemol não deveria existir. Pois na realidade ele existe sim e é mais conhecido como Mi (diminuição de meio tom). Logo:

Mi#=Fá

Fá b=Mi

Si#=Dó

Dó b=Si

Por isso fica aqui isto. Não intrepretem os Acidentes como Notas, eles são diferentes. As notas são sons "fixos" (podem não ser ms isto já é muito mais a frente =p) e os acidentes representam a variação que se quer causar nessa nota o que faz com que essa nota possa ter vários nomes.

Espero ter esclarecido algumas pessoas que não conheciam esta pequena mas importante noção =)

Correcto! Eu sei disso e penso que quase todo o músico sabe disso; é um raciocínio tão lógico como 3+2=2+3...

Mas tendo em conta o que se discute nessa meia duzia de tópicos anteriores (as notas que compõem o acorde F# ... e outros), a questão de uma nota # ser igual a outra b aqui não faz muito sentido; porquê? Por várias razões...

Auditivamente, A#=Bb (ou qualquer outra comparação do género); mas só auditivamente, porque se começas a usar este tipo de coisas em intervalos (que fazem parte da constituição dos acordes) a coisa muda de figura; ora vejamos...

Tendo como exemplo o intervalo C->E, temos uma terceira maior, certo? Certo. Agarrando no que o Pinho disse, e bem, E=Fb, então, C->E = C->Fb, certo? Errado! Porquê? Porque

1- C->E é um terceira (C D E, 3 notas); correcto;

2- embora E=Fb, uma coisa é E outra é Fb; reparem que independentemente de o F ser b ou #, é um F, e C->F é uma quarta e não uma terceira; resumindo:

3- C->E = terceira maior

4- C->Fb = quarta diminuta

Auditivamente é igual; teoricamente não é!

E o que tem isto a ver com os acordes? Como referi anteriormente, os acordes são formados por intervalos; no caso das tríades são formados por:

1- uma terceira maior seguida de uma terceira menor, no caso do acorde ser maior; exemplo: C E G

2- uma terceira menor seguida de uma terceira maior, no caso do acorde ser menor; exemplo: C Eb G

Seguindo esta lógica, vamos ver o acorde de F (eu sei que todos sabem, mas vou explicar como se fossem muito burros :facepalm: :psycho2: :wub::))

Começando, óbviamente, na nota F, vamos contar uma terceira maior acima; temos o A;

Já vamos com F A ...

(re)Começando no A, vamos contar uma terceira menor acima; temos o C;

Temos então o acorde completo, F A C.

Como será o acorde de F#? Temos várias formas de o descobrir...

1- um raciocínio estupidamente simples: se F=FAC e se o # aumenta meio tom, então F# há-de ser F# A# C#

OU

2- seguindo a 'norma' da formação das tríades:

2.1- começamos com o F# e contamos uma terceira maior acima, ou seja, A# *

2.2- pegamos no A# e contamos uma terceira menor acima, ou seja, C#

2.3- temos o acorde de F#: F# A# C#.

* - porquê A# e não Bb? A explicação foi dada mais atrás:

...os acordes são formados por intervalos; no caso das tríades são formados por:

1- uma terceira maior seguida de uma terceira menor, no caso do acorde ser maior; exemplo: C E G

2- uma terceira menor seguida de uma terceira maior, no caso do acorde ser menor; exemplo: C Eb G

A palavra a reter aqui é terceira maior/menor; uma terceira (maior) acima de F é A; acima de F# há-de ser A#; F#->Bb é uma quarta diminuta.

É por esta razão que

- o acorde F# é com A# e não Bb

- o acorde de C é com E e não D## ou Fb

- o acorde de G é com B e não com A## ou Cb

- entre outros

Espero ter ajudado e espero também não me ter enganado em nada!

Abraços!!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais