Arquivado

Este tópico está arquivado por ser já antigo. Para falar sobre o mesmo assunto, por favor cria um novo tópico.

Sergio20

Combinações de acordes dentro do tom



Posts Recomendados:

Sergio20    0

Boas pessoal,

Pelo que percebi existem determinados conjuntos de acordes dentro de um determinado tom que se combinam melhor que as restantes notas do mesmo tom; ou qualquer coisa parecida... o pessoal que sabe de certeza que percebe o que estou a dizer (ou a tentar dizer).

Só vou ter a próxima aula de guitarra 5f, mas queria ir um pouco mais esclarecido e preparado sobre este assunto, senão quando der por mim acabou a aula e ficam coisas por perguntar...já sei como é que é....

Se alguem quiser opinar sobre o assunto e tentar explicar-me agradecia! :)

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pudim    0

Não sei se percebi bem o que querias dizer; deve ser porque não sei grande coisa disto.

De qualquer forma, os acordes mais simples e comuns são tríades (acordes com três notas) formados a partir dos sete graus da escala maior por adição de terças.

Exemplo:

C D E F G A B

C Maior - C E G

D menor - D F A

E menor - E G B

F Maior - F A C

G Maior - G B D

A menor - A C E

B b5 (?) - B D F

Se quiseres podes acrescentar mais uma terça acima e ficas com IM7, IIm7, IIIm7, IVM7, V7, VIm7, VIIb5. Isto tem uma aplicação vastíssima; este tipo de acordes está presente na grande maioria do pop, rock, por aí; são mesmo os mais básicos.

Perde algum tempo, tenta tocá-los também num piano/órgão/teclado para "veres" o que estás a tocar e preocupa-te em ser capaz de identificar os sete diferentes graus de ouvido (com treino não é difícil) - o chamado ouvido relativo.

São as noções mais básicas de harmonia. Quando dominares bem isto vai-te ser fácil tocar músicas harmonicamente simples à primeira, de ouvido.

Se não for nada disto, desculpa, também não sou grande conhecedor de teoria. Bom estudo. -_-

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Black_tear    1

B b5 (?) - B D F

Agora fiquei a pensar. Sei que com a sétima é um acorde meio diminuto (3ª menor 5ª diminuta 7ª menor )

Sem a sétima é meio diminuto na mesma certo? :lol:

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pudim    0

Agora fiquei a pensar. Sei que com a sétima é um acorde meio diminuto (3ª menor 5ª diminuta 7ª menor )

Sem a sétima é meio diminuto na mesma certo? :lol:

Boa pergunta. Se alguém souber esclarecer, obrigado.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Black_tear    1

Agora fiquei a pensar. Sei que com a sétima é um acorde meio diminuto (3ª menor 5ª diminuta 7ª menor )

Sem a sétima é meio diminuto na mesma certo? :mellow:

Boa pergunta. Se alguém souber esclarecer, obrigado.

Somebody? :lol:

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
spiga    0

Agora fiquei a pensar. Sei que com a sétima é um acorde meio diminuto (3ª menor 5ª diminuta 7ª menor )

Sem a sétima é meio diminuto na mesma certo? :facepalm:

Boa pergunta. Se alguém souber esclarecer, obrigado.

Somebody? :)

Acordes são formados por intervalos de 3ªs, quer maiores quer menores ( para o conjunto básico de acordes ).

*Para ser mais correcto, deveria chamar Fundamental à 1ª de um acorde, mas por simplificação optei por usar, na seguinte explicação, o símbolo de 1ª para a Fundamental do acorde.

Um acorde Maior é formado por 1 3 5. Sendo a 3ª maior ( 2tons afastada da 1ª ) e 5º perfeita ( um tom e meio afastada da 3ª , ou seja, 3 tons e meio afastada da 1ª).

Um acorde Menor é formado por 1 b3 5. Sendo a 3ª menor ( 1 tom e meio afastada da 1 ) e a 5ª é perfeita ( neste caso está 2 tons afastada da 3ª mas mantém-se a 3 tons e meio da 1ª).

Um acorde meio diminuto é formado por 1 b3 b5. Sendo a 3ª menor e a 5ª diminuta ( neste caso afastada 1 tom e meio da 3ª menor, 3 tons da 1ª ).

Boa música para todos

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
orgy    1

fiquei com a sensação de que ele estaria mais a falar da progressão de acordes dentro do mesmo tom..

por exemplo:

Dó Maior - Ré menor - Sol Maior - Dó Maior

Lá menor - Fá Maior - Sol Maior - Dó Maior

em "graus" seria algo como: (sendo Dó o 1º grau)

I - ii - V - I

vi - IV - V - I

cumps

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
BaneAtvar    1

Depois ainda tens o intercambio modal, nao sei se será disso que estás a falar.

Por exemplo, Se considerares Dó o I grau, entao tens esse conjunto de acordes. Se considerares Dó o II grau, tens outro completamente diferente, Dm, EbMaj, F#7, etc.

Esses acordes tambem encaixam se passares de Dó Jónico, para Dó Dórico, e assim sucessivamente.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais