Potpourri de Amplificadores de Guitarra

    Por tca    594 Visualizações     6 comentários    


Neste tutorial vamos construir um power amp e discutir algumas tipologias de amplificadores para guitarra. Aventura-te e fica a conhecer melhor o mundo dos amplificadores de guitarra!

tca
Por tca

Maker, Hacker, PhD


Introdução

Neste tutorial vamos discutir uma alguns amplificadores de guitarra de uma forma informal, discutir tipologias e ideias para experimentar na breadboard. A totalidade dos esquemas deste texto foram experimentados e funcionam.

No fim vamos construir mais um power amp. A técnica de montagem  será ponto a ponto e o amplificador final utilizará mosfets numa configuração em classe A pushpull.

A sugestão que dou para complementar a leitura deste este texto é procurar as tipologias e referencias que vou dando ao longo do texto. As coisas aqui descritas não são rocket science mas há muitos detalhes a considerar. A explicação completa dava quase para escrever um livro sobre o assunto. Não há muita coisa escrita sobre amplificadores de guitarra solid state mas o livro de Teemu Kyttälä, “Solid -State Guitar Amplifiers” é uma excelente referência para ler no mês de férias que se aproxima (o link para download do livro completo está mais à frente no texto).

Boas leituras e construções.

Partilha o conhecimento!

  • Útil 2
  • Obrigado 1



  Denunciar Tutorial

O que diz a comunidade sobre isto?


Mais um grande post!

Pessoal noob como é que faz para ler o esquema e fazer as ligações na prática?

Cumps,

  • Gosto 1

Partilhar este comentário


Link to comment
Partilhar nas redes sociais
há 4 horas, Mr. Smith disse:

Mais um grande post!

Pessoal noob como é que faz para ler o esquema e fazer as ligações na prática?

Tens de ser mais específico, o que queres dizer com as ligações na prática? ;)

Partilhar este comentário


Link to comment
Partilhar nas redes sociais
On 11/08/2017 at 19:27, tca disse:

Tens de ser mais específico, o que queres dizer com as ligações na prática? ;)

O que pergunto é como olhando para um esquema dos que metestes como é que chegas aqui? Provavelmente a resposta para ti parece óbvia ou até uma não pergunta a que faço, mas quem nunca fez nada disto....

Compras os componentes, olhas para o esquema e agora? Para quem começa como é que faz?

Cumps,

 

IMGA0709.JPG

Partilhar este comentário


Link to comment
Partilhar nas redes sociais


Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora


  • Conteúdo Recomendado:

    • Necromancer2017
      https://pt.scribd.com/doc/298862657/Kleynjans-Mes-Debuts-a-La-Guitare-CAHIER-DU-PROFESSEUR
      Eu aqui no conservatorio em frança ensinam atraves daqui, claro que e o 1 livro, ainda nao cheguei aos proximos
    • xtech
      Pessoal, comentem por aqui as novidades nesta área.
      Recebi um email a dizer que vai sair o Helix Native, no fundo o software da Helix "para computador". @pgranadas fica atento a isto:

      Falta saber muita coisa: quanto vai custar, em que plataformas vai correr, etc.
    • pgranadas
      E que tal uma guitarra onde dá para testar todos os pu's?

    • xtech
      É verdade, a Gator lançou umas cases com leds lá dentro para iluminar o instrumento!
       
      Os preços é que não são lá muito convidativos, deverão andar por volta dos 250 dólares americanos... 
    • John10
      Tutorial - Como encordoar uma guitarra
      Resumo:
      Cordas novas desafinadas? Nunca mais.
      ...

      Ver tutorial completo
    • John10

      As cordas estão velhas e agora queres mudar. Metes um conjunto de cordas novo, lindo e brilhante. Vais a tocar e está tudo desafinado. Afinas e desafina logo de seguida. A solução está aqui.
       

      Para além da óbvia guitarra e cordas, precisas de um afinador e um "stringwinder" para despachar.
      Se não queres gastar muito dinheiro, por 1.5€ podes comprar este:

      Um Stringwinder permite-te apertar e desapertar rapidamente os afinadores da tua guitarra, uma vez que permite-te "dar à manivela" em vez de continuamente rodares os afinadores com os dedos.

      Em si, não há muita ciência em colocar as cordas numa guitarra. Convém não enrolar demasiada corda no carrilhão, para maximizar o contacto directo com o corpo da guitarra através do carrilhão. Se tiver muita corda estás a adicionar uma camada que irá sempre provocar uma menor ressonância, ainda que quase imperceptível. De qualquer das formas, o aspecto é muito melhor.
      Após colocares as cordas, para garantir que tens uma afinação correcta deves ligar o afinador e afinar a guitarra. Se for uma guitarra eléctrica baixa o captador mais próximo do braço para diminuir a atracção magnética do mesmo.
      Depois disso deves, com as mãos esticar a corda de Mi Grave ao longo da mesma. Isto é, pões as mãos com cerca de 5 cm de distância uma da outra e esticas a corda em porções de 5 cm ao longo da mesma, com força, mas não com demasiada força. Se fizeres demasiada força poderás partir a corda, evidentemente. Estica a corda e faz pressão em todos os pontos onde a corda entra em contacto com a guitarra. Na ponte, no pente e ao pé dos afinadores.
      Com isto estás a aliviar a tensão da corda. Quando a corda é nova demora a atingir a tensão necessária a manter-se afinada por si só. Com isto estamos a acelerar esse processo.
      Depois de esticares a corda e pressionares os pontos de contacto voltas a afinar e a repetir o passo. O processo estará concluído quando ao esticares a corda a mesma não se desafinar mais. Se afinares, esticares a corda devidamente, e a corda se mantiver afinada, o processo está concluido. Deves repetir este processo em todas as cordas.

      Tens a guitarra afinada. Tão afinada que podes fazer bends, divebombs com o Floyd Rose e ligeiros usos de trémolo e a mesma manter-se-á razoavelmente afinada, sendo que depende também, sempre, do material da guitarra. Se as peças da ponte e os afinadores forem fracos não há milagres.
      Ainda assim com isto, garantes uma afinação estável.