Como escolher o melhor cabo de guitarra?

    Por xtech    6.962 Visualizações     26 comentários    


Estás à procura de um cabo para a tua guitarra ou para ligar os teus pedais e não sabes como escolher? Neste tutorial vamos explicar o que é verdadeiramente importante na compra de um cabo - e como ir ver para além do marketing dos fabricantes - para que possas escolher o melhor cabo, ao menor custo possível.

xtech
Por xtech

Toco um pouco de tudo e muito de nada.
Gosto de tecnologia. Gosto do homestudio.
A música é um hobby e uma paixão.

 


O som da guitarra

No geral, as guitarras produzem um sinal com uma corrente eléctrica cerca de alguns miliAmperes (ou seja, uma quantidade bastante pequena) a alguns miliVolts (idem). Pela lei de Ohm, isto significa que a potência de um sinal de guitarra é muito baixo (na ordem dos miliWatts). Uma vez que o sinal não é forte, alterações relativamente pequenas às suas características terão necessariamente consequências sonoras. Interessa pois, nesta vertente, que o cabo a comprar preserve ao máximo as características do sinal original, que seja robusto contra influências externas (ex: ruído causado por fontes electromagnéticas).

O som de uma guitarra tem estende-se (para a afinação standard) entre os 80 Hz e os 660 Hz, no entanto, com os harmónicos e sobretons a gama completa ronda entre os 50 Hz e os 5000 Hz. Alterações à estrutura do sinal afectarão necessariamente as frequências (quais delas, iremos ver na página seguinte) e consequentemente, o som produzido. Daí que os cabos adequados (não necessariamente caros) tenham muita influência no que ouvimos no som final.

Partilha o conhecimento!

  • Gosto 3
  • Útil 3



  Denunciar Tutorial

O que diz a comunidade sobre isto?




Finalmente foi publicado este artigo na nossa wiki sobre cabos de guitarra, um assunto que me é bastante caro :)

Comentários e sugestões: estejam à vontade para isso! Entretanto se acharem útil, partilhem com os vossos amigos e conhecidos!
 

Partilhar este comentário


Link to comment
Partilhar nas redes sociais
há 3 minutos, zedsnotdead disse:

Efeito "pelicular" ;), de película.

Corrigido! Obrigadíssimo pelo reporte do "typo" :yes: 

Partilhar este comentário


Link to comment
Partilhar nas redes sociais

Bom artigo @xtech, apenas alguns reparos se me permites.

No tutorial: "Da mesma forma, ligar guitarras não é prático com conectores em L, sendo mesmo mecanicamente impossível em alguns casos. Os conectores recomendados para ligar guitarras são os conectores direitos."

Em guitarras com o Jack no rebordo da guitarra, e em que o músico tenha o hábito de o passar pela strap, para melhor fixar o cabo, a ficha em L torna-se uma boa opção, porque impede que o cabo fique dobrado na junta da ficha, dando-lhe também maior durabilidade.

No tutorial: Cabo sugerido: Qualidade Preço - Sommer Cable Spirit XXL - 2,60€/m - Excelente a todos os níveis.

Sem Duvida um óptimo cabo, mas há um melhor. O Sommer Cable Spirit LLX, tem uma capacitância de 52pf, contra os 86pf do XXL. O preço é ligeiramente mais alto, mas os 0,05€ valem bem a pena.

Partilhar este comentário


Link to comment
Partilhar nas redes sociais

@pgranadas obrigado, desconhecia esse LLX e vou já alterar :yes:

Tenho é pena de só o conhecer agora porque fiz todos os cabos da minha pedalboard com o XXL :D 

Partilhar este comentário


Link to comment
Partilhar nas redes sociais
Agora mesmo, xtech disse:

@pgranadas obrigado, desconhecia esse LLX e vou já alterar :yes:

Tenho é pena de só o conhecer agora porque fiz todos os cabos da minha pedalboard com o XXL :D 

Culpa tua, que não andaste atento aqui ao fórum...:P

Foi por cá que tive conhecimento dele.

Partilhar este comentário


Link to comment
Partilhar nas redes sociais

Ah já vi porquê... é melhor na capacitância mas pior na grossura e constituição do condutor central, que é mais fino e menos entrançado, ou seja, eventualmente uma menor fiabilidade e capacidade de aguentar stress mecânico.

O LLX é de facto mais adequado para quem precisa cabos longos que não precisem ser "mexidos" frequentemente, como é o caso do uso em estúdios, enquanto que o XXL aguenta melhor os rigores do "live".

Partilhar este comentário


Link to comment
Partilhar nas redes sociais



Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora


  • Conteúdo Recomendado:

    • pedro.smbh
      BANDA DE TRIBUTO AOS MUSE
      Muito resumidamente.
      Estou à procura de elementos que possam integrar de uma banda de tributo aos Muse.
      E o que é preciso? 
      O essencial!
      A vontade de integrar este projeto que promete ser grande;
      Ser fã dos Muse (isso é óbvio);
      Ser de Lisboa ou perto de;
      Ter qualidade.
      Elementos que procuro:
      • Vocalista;
      • Baixista;
      • Baterista;
      • Pianista/Synths.
      Guitarrista já temos.
      Há por aí, em Portugal, bandas de tributo aos Muse, mas esta pretende dar o tributo que os Muse merecem! Talvez, um dia, ao estilo de Brit Floyd (banda de tributo aos Pink Floyd)
       

    • João Hudson
      Viva!
      Estou com uma grande duvida sobre como começar a investir. Falaram-me muito bem sobre a Fractal Audio e sobre a Kemper, ambos sao um pouco caros e queria começar a investir em algo muito bom. Qual e a vossa opiniao sobre isso? Tem algum dos dois (ou ate mesmo os dois)? O que sugerem? 
      Obrigado e saudaçoes musicais! 

    • LuisEmanuel
      Olá a todos! 
      Tenho andado um pouco afastado do fórum por falta de tempo... Mas a música segue! 
      Preciso da vossa opinião acerca de um assunto:
      Tenho um projeto com uma cantora na onda da bossa nova, alguns jazzes e acústicos. Costumo tocar nos concertos com uma guitarra clássica de um construtor espanhol.
      Tenho captado o som com um microfone mas, às vezes, sinto alguma dificuldade a conseguir um som decente e um volume aceitável sem risco de feedback. 
      Dada a guitarra que é, não quero fazer-lhe buracos nem colar-lhe aqueles pickups tipo "pastilha". Preciso de uma solução que não me prejudique a guitarra furando-a ou riscando-a. O que me aconselham? Têm alguma sugestão?
      Ou o melhor é mesmo investir num micro bom?
      Obrigado! 
    • CarlosC
       
       
       
       
       
       
    • F.Coelho
      Desculpem a qualidade das imagens.
      Estou a enfrentar uma lesão no ombro do braço do picking e, até ver, tive de regressar à guitarra clássica.
      Por circunstâncias diversas lá tive de ir buscar a guitarra que já tenho à volta de 35 anos. Não é uma guitarra de marca conhecida (Segovia modelo SC-71). Quando a larguei há algum tempo já tinha uma deformação em que as cordas estavam demasiadamente afastadas da escala.
      Na Net, reparei que havia uma promoção de guitarras de uma marca conceituada num conceituado espaço comercial e pensei que, por cerca de 100 euros, valeria o sacrifício financeiro na condição que ficaria com uma guitarra aceitável.
      Quando fui ver as guitarras fiquei chocado. O afastamento das cordas à escala era abismal. Ainda tiveram a lata de dizer que “... eram boas para principiantes”. Não vou entrar em pormenores sobre a conversa que tive... como se os principiantes não fossem pessoas... qualquer porcaria serve????
      Bem o que fica é que como é possível marca e loja terem este material à venda(?)!!!
      Existe uma versão em pack. Imaginem comprar uma guitarra dentro de uma caixa e a surpresa que teriam quando a abrissem.
       
      Andei pela net e encontrei este vídeo:
      https://www.youtube.com/watch?v=K1H4xy52RuM
       
      Agarrei na velhinha guitarra e fiz o mesmo. Como já tinha visto noutro vídeo, utilizei cola e parafuso para forçar a junção. Como esta guitarra tem truss rod não pude serrar até à escala e por outro lado, a resistência para juntar a parte serrada é superior.
      Neste momento está a secar a cola, mas é visível que as cordas estão juntas ao braço.
      Daqui por 3 ou 4 dias terei resultados (depois tratarei da estética).


    • MegaElko
      Boas,
      Toco guitarra clássica à bastante tempo e guitarra elétrica todo à poucos anos.
      Estava a pensar comprar uma guitarra elétrica no valor máximo de 450 euros. Recomendam alguma em especial?
      Obrigado