GANHA 1 pedal Digitech TRIO Band Creator aqui no Forumusica! Consulta aqui o regulamento!

Esquema para manter o tom da guitarra, quando diminuir volume.

    Por pgranadas    350 Visualizações     15 comentários    


Alternar entre um som clean e crunch, utilizando apenas o volume da guitarra, é o método utilizado por muitos guitarristas. Mas ao se diminuir o volume, normalmente também se perde alguma clareza no tom. Como evitar isso?

pgranadas

 

 


O que é?

Na realidade, é uma alteração muito simples. Mesmo alguém sem muitos conhecimentos de electrónica consegue o fazer.

Estes são os valores mais comuns de resistência e condensador para o treble bleed. Os resultados podem variar conforme o tipo de pickup e de potenciómetros de volume ou até de tone (brilho).

 

Partilha o conhecimento!

  • Gosto 2
  • Útil 1



  Denunciar Tutorial

O que diz a comunidade sobre isto?




Isso que referes tem um nome específico e há mais variantes. Procurar por Treble Bleed. Há uns valentes meses atrás estive a mexer numa guitarra para um amigo e experimentámos sem treble bleed e com treble bleed de apenas um capacitador (cujo valor não me lembro) e a diferença é notória, MESMO.

Ver link:

TREBLE BLEED IMAGENS GOOGLE

Pessoalmente, uso apenas com capacitador, mas há quem use também com uma resistência em paralelo (exemplo que apresentas) ou em série.

  • Útil 3

Partilhar este comentário


Link to comment
Partilhar nas redes sociais

Ando para fazer isso á minha Strat há já algum tempo e não tenho tido tempo para isso, a ver se meto mãos á obra.

Adoro poder tirar o volume com o Gain do Amp e conseguir limpar o som sem perder volume apenas rodando o POT de volume da guitarra.

E é bastante fácil de o fazer...

  • Gosto 2

Partilhar este comentário


Link to comment
Partilhar nas redes sociais

Eu tenho uma ou duas guitarras com treble bleed com uma resistência variável (trimpot) em paralelo. Isto permite afinar a quantidade de agudos que "permanecem" no sinal quando se baixa o volume. Cromices!...

  • Gosto 3

Partilhar este comentário


Link to comment
Partilhar nas redes sociais
há 8 minutos, ncarmona disse:

Eu tenho uma ou duas guitarras com treble bleed com uma resistência variável (trimpot) em paralelo. Isto permite afinar a quantidade de agudos que "permanecem" no sinal quando se baixa o volume. Cromices!...

Podias era partilhar esse esquema no tutorial. É muito interessante.

  • Gosto 1

Partilhar este comentário


Link to comment
Partilhar nas redes sociais

@pgranadas : http://guitarelectronics.com/electronic-parts/pots-volume-tone-blend/pmt-sonic-expansion-controls/

EDIT: @ncarmona portanto, a ver se percebo a coisa, o trimpot (resistência de valor variável) ou a resistência (de valor fixo) têm como objectivo, tanto num circuito paralelo como em série, retirar a força do capacitador e atenuar o seu efeito, é isto?

O método do trim pot não é muito simpático para guitarras tipo hollowbody, simplesmente por causa da trabalheira que dá andar a pôr r tirar o potenciómetro do sítio... no entanto, quem quer arranja forma de fazer, claro.

  • Gosto 1
  • Obrigado 1

Partilhar este comentário


Link to comment
Partilhar nas redes sociais
há 2 horas, tmo disse:

@pgranadas : http://guitarelectronics.com/electronic-parts/pots-volume-tone-blend/pmt-sonic-expansion-controls/

EDIT: @ncarmona portanto, a ver se percebo a coisa, o trimpot (resistência de valor variável) ou a resistência (de valor fixo) têm como objectivo, tanto num circuito paralelo como em série, retirar a força do capacitador e atenuar o seu efeito, é isto?

O método do trim pot não é muito simpático para guitarras tipo hollowbody, simplesmente por causa da trabalheira que dá andar a pôr r tirar o potenciómetro do sítio... no entanto, quem quer arranja forma de fazer, claro.

Sim. Pretendem regular o impacto do condensador no circuito e, consequentemente, no tone.

 

O trimpot tem a vantagem de ser ajustado em qualquer altura mas não é essa a ideia. A regulação do trimpot faz-se na instalação (set and forget) para um valor ideal adequado à guitarra e respectiva electrónica - e ao gosto do guitarrista, claro. Há quem aconselhe, na instalação, acertar a resistência do treble bleed com o potenciómetro entre 6 e 8 mas acho que o principal é ver se o som agrada ao guitarrista na (ou nas) posições de volume que mais costuma utilizar quando usa o volume para "limpar" o som.

  • Útil 3

Partilhar este comentário


Link to comment
Partilhar nas redes sociais

É uma modficação simples e interessante. Do que estive a ver acho que gosto mais do Kinman Treble Bleed. Parece-me mais equilibrado na descida de volume entre graves e agudos.

 

 

  • Gosto 2
  • Útil 2

Partilhar este comentário


Link to comment
Partilhar nas redes sociais



Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora


  • Conteúdo Recomendado:

    • xtech
      Aqui está a minha menina nova:

      Ainda só a tirei da caixa e estou a instalar o firmware V2.
      Em termos sonoros ainda não experimentei quase nada. Em termos visuais, é bonita e engraçada, embora as boss sejam mais robustas.
      A ver vamos!
    • blackyy
      Boas pessoa, andei aqui a ler e ver umas coisas mas não ficou muito claro para mim. Uma vez que eu vou tocar maioritariamente sozinho em casa gostava depois de quando tiver já alguma técnica e tocar algumas coisas de meter umas backtracks de bateria a tocar para acompanhar. A questão é que nao curto muito a maior dos sons de bateria das drum machines, é muito sintético, já quando usava no teclado não me agradava muito. Sei que usando VST de Baterias é possível contornar isto. O que eu queria saber e isso não ficou muito claro para mim é, se é possível pegar em ficheiros, p.e. de guitar pro que têm os instrumentos todos ou pegar em midis e usando um VST transformar aquilo numa coisa mais natural? Sem sim, o processo é dificil? Que programas/ferramentas preciso? Em tempos já testei o guitar pro e aqueles sons também eram muito manhosos pelo que pretendia mesmo algo mais natural. Obrigado.
    • xtech
      E a Sublime guitars lançou uma espécie de White Falcon, a um preço de 900 dólares americanos:
       
    • ERgtr
      Boas, sou novo no forum, mas venho cá para pedir uma opinião sobre uma possível futura aquisição.
      Costumo tocar hard rock e metal, por isso procuro uma guitarra com humbuckers.
      Até agora, estou de olho em uma jackson kelly performer de 1996.
      é uma boa opção? Recomendações? 
    • xtech
      Caros,
      é só para dizer que comprei um kit DIY Les paul por 34€. Estava a navegar num site de chinesices, vi isso e disse: "não pode ser". É possível que fique sem o guito ou me mandem um bocado de lenha, mas bom... literalmente paguei para ver.
      Supostamente o kit é este:

      Stay tuned for news in the next months, já a contar que a alfândega trabalha a velocidade de pedal.